Em poucos minutos, força-tarefa acha “gatos” de energia em açougue e motel - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 28 de março de 2019

Em poucos minutos, força-tarefa acha “gatos” de energia em açougue e motel

A primeira operação do ano entre a Polícia Civil e a Energisa contra furtos de energia elétrica já confirma o crime em poucos minutos de ação. Casa, motel e açougue foram flagrados com irregularidades na manhã desta quinta-feira (28).
Antes de ir às ruas, as equipes mapearam 120 pontos, que já eram monitorados há seis meses. Dentro da operação desta manhã, os trabalhos começaram nas imediações da Vila Piratininga.
Já na primeira visita a uma casa e um motel que ficam na Rua General Alcoforado, as equipes localizaram adulterações.
Na residência, o medidor estava adulterado. Segundo o gerente de combate a perdas da Energisa, Ercílio Diniz Flores, os equipamentos são retirados para análise técnica e depois enviados para o Inmetro.
A moradora não quis falar com a imprensa, mas disse à polícia que mora no imóvel há 20 anos e nunca fez nada de errado.
Diniz informou que na casa 30% da energia consumida não estava sendo registrada. “O cliente foi intimado a esclarecer a situação na delegacia”, disse.
No motel, as equipes confirmaram que as duas, das três fases estavam ligadas de forma direta. Isso significa que as duas fases não passavam pelo medidor.
“66% da energia consumida no motel não estava sendo registrada. Quando o furto é no comércio vira concorrência desleal. Porque o cliente consegue oferecer produtos mais baratos”, disse Ercírio.
A casa de carnes divide o medidor com uma casa que fica na Avenida das Bandeiras. No local, Energisa e polícia também encontraram o medidor adulterado. Segundo a Energisa neste local, há indícios de que o cliente tenha causado prejuízo de R$ 10 mil.