Paraguaio tirou foto com dólares na boca antes de ser morto em motel - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 30 de abril de 2019

Paraguaio tirou foto com dólares na boca antes de ser morto em motel

Momentos antes de ser executado a tiros na saída de um motel, na tarde desta segunda-feira (29) em Pedro Juan Caballero, o paraguaio Carlos Alberto Diaz Pereira, de 30 anos, posou para uma foto com maços de cédulas de cem dólares na boca.
Postar foto ostentando dinheiro é uma prática comum entre traficantes da fronteira, no entanto, a polícia ainda não divulgou informações se a vítima tinha algum envolvimento com o mundo do crime. A foto foi tirada do celular de Carlos, pela mulher que estava com ele no motel.
Execução - De acordo com investigadores do setor de homicídios da Polícia Nacional, a vítima deixava o Motel Flash em seu carro, um Golf preto com placa do país vizinho quando foi atacado pelos pistoleiros em um carro prata.
Carlos desceu do carro e saiu correndo para tentar escapar dos matadores, mas foi alvejado e caiu na calçada. Os pistoleiros se aproximaram e dispararam mais tiros na cabeça da vítima. No pátio do motel, os policiais recolheram 16 cápsulas de pistola calibre 9 milímetros, mas testemunhas afirmam que pelo menos 30 tiros foram disparados.
O médico legista Marcos Prieto informou que oito tiros acertaram o alvo. A mulher não se feriu e foi levada para a sede da Polícia Nacional, para prestar depoimento. Ainda não há pista dos matadores.