Polícia prende pai que tentava dar fuga ao filho suspeito de matar gari - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 2 de abril de 2019

Polícia prende pai que tentava dar fuga ao filho suspeito de matar gari

O pai do suspeito de ter matado o gari Renato Aberto de Lima Bezerra, 23 anos, na noite de ontem (1°), em Três Lagoas, foi preso ao assumir que estava indo tentar dar fuga ao filho
Segundo o boletim de ocorrência, algumas horas após o crime a polícia recebeu a denúncia de que os autores da execução de Renato estavam escondidos em um ranho localizado na BR-158.
Os militares foram ao local e encontraram um homem de 56 anos saindo da propriedade rural. À polícia, ele contou que recebeu uma ligação do filho relatando que havia cometido o crime.
Questionado para onde estava indo, ele contou que iria encontrar o filho, que estava escondido em uma casa no bairro Alto da Boa Vista. Durante buscas no rancho, a polícia encontrou três munições de calibre 38 intactas.
O pai se recusou a acompanhar os militares até a casa onde o filho estaria e acabou preso por resistência e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.
A polícia foi até a casa onde o suspeito do crime estaria escondido, mas ele não foi localizado.
O caso - Renato Aberto de Lima Bezerra, 23 anos, foi morto a tiros na noite de ontem (1°), no bairro Vila Nova, em Três Lagoas, cidade distante a 338 quilômetros de Campo Grande. O homem, que era gari, estava trabalhando no momento do crime.
Uma testemunha relatou à polícia que o gari foi abordado por dois homens, que ficaram alguns minutos conversando com a vítima. Em determinado momento, um deles sacou um revólver e disparou três tiros contra Renato. O gari foi atingido por um disparo na cabeça e dois na região do abdômen e morreu na hora.
Conforme o registro policial, a esposa de Renato relatou que ela e o marido haviam sido ameaçados de morte por três familiares no mesmo dia do crime, no período da manhã.