Sérgio de Paula diz que assume PSDB, se for consenso do partido - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Sérgio de Paula diz que assume PSDB, se for consenso do partido



O secretário de Articulação Política do Governo, Sérgio de Paula, disse que aceita assumir o comando estadual do PSDB, se for por consenso do partido, em função do impasse entre os deputados federais, Rose Modesto (PSDB) e Beto Pereira (PSDB). Ele ponderou que a questão será resolvida na próxima segunda-feira (21).
“Foi marcada uma reunião entre o governador (Reinaldo Azambuja) e os deputados (Rose e Beto), para se chegar a uma decisão. Meu nome foi colocado na mesa, tem esta possibilidade, mas só ser for por consenso do partido”, disse ele, em entrevista ao Campo Grande News.

Sérgio ponderou que não pretende disputar o cargo (presidente), aceitaria só em comum acordo entre as demais lideranças. “Só nestas condições, não iria para os votos, não é a intenção”. Ele já tinha adiantado que caso não houvesse um consenso entre Beto e Rose, poderia se pensar em uma terceira via.
O nome do governador foi até cogitado para ficar no cargo, mas Reinaldo disse que não seria um “presidente figurativo”, e que tem outras funções para exercer no Estado. Também adiantou que caberia aos deputados federais chegar a uma conclusão sobre o impasse. “Acredito que no final vai haver este consenso”.
A eleição oficial do PSDB vai ocorrer entre os dias 4 e 5 de maio, quando vão escolher o presidente regional para os próximos dois anos. Apesar do impasse, as lideranças apostas neste entendimento, para que haja uma chapa única neste pleito.