Foi acidente, diz polícia sobre suspeita de atentado contra vereadora - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Foi acidente, diz polícia sobre suspeita de atentado contra vereadora

A Polícia Civil considera acidente de trânsito e não atentado o caso envolvendo a vereadora Lia Nogueira (PR) na tarde de ontem (23) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Quando a jornalista e política seguia com uma assessora pela Rua Coronel Ponciano, o motorista de outro veículo acelerou na direção delas, chegou quebrar o retrovisor do carro usado no trabalho de vereadora e fugiu em seguida.
“Ou mandaram nos matar ou dar um recado”, disse ela
logo após o episódio. Nesta sexta-feira, no entanto, a polícia concluiu que não se tratou de atentado ou ameaça, mas sim de um acidente comum.
“As imagens de câmeras de segurança demonstraram que provavelmente foi acidente, mas as investigações continuam, para identificar o motorista. O caso vai ser alterado para crime de trânsito e evasão do local”, explicou o delegado Marcelo Batistela Damaceno, da 2ª Delegacia de Polícia Civil.
Lia Nogueira disse à reportagem que de fato as imagens mostram o Gol prata entrando da Rua Monte Alegre na Coronel Ponciano já desgovernado e em alta velocidade. Em seguida o carro atinge o veículo ocupado pela vereadora e o condutor foge.
Na tarde de ontem, quando foi à delegacia registrar a ocorrência, Lia disse que se sentiu ameaçada por acreditar que o objetivo era intimidá-la devido à sua atividade, uma vez que tinha protocolado denúncia no Ministério Público Estadual contra a administração municipal por atraso na distribuição de materiais escolares aos alunos da Rede Municipal de Ensino.