Com vacina liberada para todo mundo, posto de saúde têm fila desde às 2h - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Com vacina liberada para todo mundo, posto de saúde têm fila desde às 2h

Após 51 dias da abertura, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe terminou na sexta-feira (31) em todo o país, com as doses remanescentes sendo liberadas para toda a população. Nesse fim de semana, nas unidades 24 horas de Campo Grande, ainda foram recebida somente integrantes dos grupos de risco, mas nesta segunda-feira (3), com a vacina disponível para todo mundo, postos de saúde da Capital amanheceram com fila na porta
No CRS (Centro Regional de Saúde) do Bairro Tiradentes, a fila virou um caracol dentro do prédio e do lado de fora, quase dobra a esquina. A sala de vacina começa a funcionar às 7h15, mas a vacinação atrasou para começar, só às 7h40. Segundo funcionários, justamente por causa da demanda. A equipe vai deixar as seringas preparadas e abrir mais duas salas para a aplicação ser mais rápida. 
Aparecida Rosimeire de Aquino da Silva, de 47 anos, foi a primeira a chegar, às 2h. “Não suporto fila, queria ser a primeira. No ano passado, meu patrão pagou e neste ano, como ele não falou nada, decidi vir”, explicou a empregada doméstica sobre a antecedência.
s terceiros da fila, a dona de casa Marluce Aguilera, de 50 anos, o mecânico Antonio Aguilera, 55, mecânico e o filho do casal, de 8 anos, chegaram às 4h. “Viemos para pegar lugar mesmo, não sabia se ia ter poucas doses. Meu filho ficou dormindo no carro e a gente se revezou na fila”, contou Marluce.
O marido completou dizendo que o sacrifício compensa. “Saúde é tudo”.
Balanço - Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, 30 não atingiram a meta de imunizar 90% dos grupos de risco, conforme levantamento feito  com base nos dados da Sipni (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde.