Rendida por trio e colocada em porta-malas, mulher recebe ameaças - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

domingo, 2 de junho de 2019

Rendida por trio e colocada em porta-malas, mulher recebe ameaças

Uma mulher de 41 anos foi rendida por três homens, colocada no porta-malas de um carro e deixada amarrada no Bairro Coronel Antonino em Campo Grande. O crime aconteceu na manhã desta sábado (1º).
A vítima suspeita que o sequestro tenha relação com assalto sofrido pelo marido em 2017. Parte da quadrilha envolvida no roubo foi presa e um dos sequestradores disse que se tratava de vingança por “um dos parças” que o “Baixinho” colocou na cadeia.
A mulher contou à polícia que ia a pé para a casa da mãe na manhã de ontem quando foi abordada. No porta-malas, ela acredita que passou cerca de três horas. Depois de tirada do veículo, a vítima relatou que foi levada para um matagal, amarrada e encapuzada, onde recebeu ameaças.
“O baixinho vai pagar caro por um dos parças que colocou na cadeia. Vamos esquartejar seus para mostrar que não estamos de brincadeira”, disse um dos bandidos, segundo a vítima.
Antes de a abandonarem no matagal, os criminosos agrediram a vítima. Ela foi à delegacia com um olho machucado e se queixava de dores na cabeça e barriga.
Segundo o relato, depois de ser deixada no mato, ela conseguiu se desamarrar e pediu socorro para um caminhoneiro que passava pelo local e foi levada até a casa da mãe.
Ela não soube descrever os bandidos e nem o veículo utilizado por eles. Não sabe dizer se estavam armados, mas narrou à polícia que sentiu algo frio em suas costas, possivelmente uma arma de fogo, quando estava ajoelhada no matagal recebendo as ameaças.
O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. A polícia investigará os crimes de lesão corporal, ameaça e roubo, porque alguns pertences da vítima foram levados.