Patrão é preso depois de agredir funcionária por ver porteira aberta - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

domingo, 21 de julho de 2019

Patrão é preso depois de agredir funcionária por ver porteira aberta

Uma mulher de 27 anos foi agredida com tapas e chutes pelo patrão, de 51 anos, na noite de sábado (20) em um assentamento rural no distrito de Aguão, na MS-080, em Campo Grande. O motivo seria uma porteira aberta.
Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima contou que trabalha na propriedade rural e, por volta das 23h, o patrão foi até o local. Durante discussão por causa de uma porteira aberta, a funcionária foi agredida com tapas e chutes pelo homem. Ele também disparou um tiro para o alto.
A Polícia Militar foi acionada e encontrou o suspeito dormindo dentro do carro. Com ele, os militares encontraram um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e uma deflagrada. Ele não possui porte de armas.
O patrão foi preso por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, vias de fato e ameaça. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.