Alunos com déficit de atenção podem ter regras diferentes em provas - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Alunos com déficit de atenção podem ter regras diferentes em provas



Os alunos com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade podem ter regras diferentes em provas nas escolas públicas e privadas do Estado. Eles terão mais tempo para terminar as avaliações e ainda ficarão em local diferenciado, com auxílio do professor especializado.
É o que prevê o projeto do deputado José Carlos Barbosa (DEM), que foi apresentado na Assembleia. “A proposta advém da necessidade de auxílio a estas crianças e se aprovada vai contribuir para o aumento do aproveitamento escolar dos alunos que sofrem com esse transtorno”, explicou o autor.

A proposta ainda permite que estas crianças tenham assentos na primeira fila, com a cadeira afastada de janelas, cartazes ou outros elementos que podem gerar distração. Para dispor destas regras diferentes, os pais ou responsáveis devem apresentar laudo médico (especialista) comprovando o transtorno.
As escolas da rede pública e privada devem dispor de recursos didáticos diferenciados e adequados para atender estes alunos. A proposta segue para as comissões da Assembleia e depois será votada em plenário pelos deputados. Se for aprovada ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).