Capital está perdendo “estrelas” com luminárias de LED, alerta leitor - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Capital está perdendo “estrelas” com luminárias de LED, alerta leitor



Com a modernização, Campo Grande está perdendo parte da história. O alerta foi feito pelo professor Paulo Robson de Souza, por meio do canal Direto das Ruas.

A troca das lâmpadas comuns pelas de LED começou há meses. O objetivo, segundo a Prefeitura de Campo Grande, é melhorar a iluminação publicar e gerar economia de energia.
A administração municipal prevê até o final de 2020, 46.250 lâmpadas de LED, que passarão a representar 57% dos 110 mil pontos da iluminação pública da cidade. Atualmente, só 15% (16.500 lâmpadas) da iluminação da capital (com 110 mil pontos) é feita com lâmpadas de LED. Serão investidos R$ 25 milhões na compra das lâmpadas e mais R$ 6 milhões na instalação.
Estrelas no chão e a que restou em poste (Foto: Paulo Robson de Souza)
Detalhe que nem todo mundo percebeu é que “estão substituindo centenas de emblemáticas luminárias em forma de estrela”, lembra Paulo.
“Aparentemente, o equipamento está íntegro e funcional, apesar de ter bem mais de 30 anos. O pior é que essas estrelas são a cara de Campo Grande. Uns dizem que representam a estrela amarela da bandeira do Mato Grosso do Sul, outros dizem que essas luminárias, à época, remetiam à marca do histórico governador Pedrossian. Não importa. O que está acontecendo agora é uma descaracterização das nossas grandes avenidas”, afirma o professor que enviou à reportagem fotos de luminárias retiradas da Avenida Gury Marques, próximo ao campus da UFMS(Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), construído num dos mandatos de Pedro Pedrossian.