Dupla abastece, não paga e acaba presa por apropriação indébita pela PRF - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Dupla abastece, não paga e acaba presa por apropriação indébita pela PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde desta terça-feira, em Anastácio, dois homens pelo crime de apropriação indébita. Eles estavam em um veículo Hyundai HB20s alugado, mas o contrato de locação estava irregular.
Segundo boletim de ocorrência, os fatos vieram à tona quando a equipe foi acionada para ir a um posto de combustíveis localizado na BR-262, onde dois indivíduos haviam abastecido, mas alegavam que não tinham como pagar.
Durante abordagem, eles apresentaram os documentos do carro e o contrato de sublocação, porém, tal contrato não estava totalmente preenchido, com alguns dados em branco, bem como não havia nenhuma assinatura do mesmo.
Os policiais então entraram em contato com o responsável pela sublocação, o qual informou que os responsáveis pelo veículo já haviam ido para uma delegacia em Guarulhos (SP), onde vivem os suspeitos, para registrar boletim de ocorrência.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde desta terça-feira, em Anastácio, dois homens pelo crime de apropriação indébita. Eles estavam em um veículo Hyundai HB20s alugado, mas o contrato de locação estava irregular.
Segundo boletim de ocorrência, os fatos vieram à tona quando a equipe foi acionada para ir a um posto de combustíveis localizado na BR-262, onde dois indivíduos haviam abastecido, mas alegavam que não tinham como pagar.
Durante abordagem, eles apresentaram os documentos do carro e o contrato de sublocação, porém, tal contrato não estava totalmente preenchido, com alguns dados em branco, bem como não havia nenhuma assinatura do mesmo.
Os policiais então entraram em contato com o responsável pela sublocação, o qual informou que os responsáveis pelo veículo já haviam ido para uma delegacia em Guarulhos (SP), onde vivem os suspeitos, para registrar boletim de ocorrência.
A dupla disse que iria para Corumbá comprar roupas, no entanto, a suspeita é de que fossem arrastar o veículo. O caso foi encaminhado à Polícia Civil que apreendeu o veículo e liberou os suspeitos, por já ter passado o prazo do flagrante., no entanto, a suspeita é de que fossem arrastar o veículo. O caso foi encaminhado à Polícia Civil que apreendeu o veículo e liberou os suspeitos, por já ter passado o prazo do flagrante.