Foragido há 11 anos, homem é preso em operação por esfaquear a mulher - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Foragido há 11 anos, homem é preso em operação por esfaquear a mulher



Homem de 46 anos foi preso nesta quinta-feira (22), por policiais da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Ponta Porã, distante 323 quilômetros de Campo Grande, durante operação Fronteira Segura. Há 11 anos, Rivelino Souza teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, após ser condenado pelo homicídio do indígena Adriano Benites, 28 anos. Porém, ele estava foragido e só foi preso depois de esfaquear a mulher. 
Segundo a Polícia Civil, em setembro de 2013, na aldeia Lima Campos, Rivelino matou a vítima pauladas, na sequência desovou o corpo num matagal às margens da BR-463, próximo ao Km 53, onde ainda tentou incendiar o cadáver, que acabou sendo localizado por agentes da Polícia Rodoviária Federal. O caso foi investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.

O homem foi capturado nesta quinta pela Polícia Civil, durante a operação Fronteira Segura, não pela morte do indígena, mas porque teve a prisão decretada pela Justiça no domingo (18), após agredir a facadas a mulher de 56 anos.
Conduzido à DAM, Rivelino foi interrogado e indiciado por injúria e lesão da então companheira. Durante os procedimentos policiais, foram realizadas consultas aos sistemas de segurança da Polícia Civil, tendo os policiais constatado que o homem tinha um segundo mandado de prisão em aberto, que foi expedido em 2008 pela 3ª Vara Criminal de Dourados, após ele ser condenado pelo homicídio de Adriano Benites.