Golpista usou cartão de vítima para pagar R$ 10 mil em imposto - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

domingo, 11 de agosto de 2019

Golpista usou cartão de vítima para pagar R$ 10 mil em imposto

No último golpe aplicado antes de ser preso, José Sales de Sousa, integrante de quadrilha que trocava cartões de idosos em agências bancárias de Campo Grande, usou o cartão trocado em um caixa eletrônico da Avenida Afonso Pena para pagar imposto. De acordo com o boletim de ocorrência, o golpista pagou R$ 10 mil de tributo na manhã deste sábado (10).
O integrante da quadrilha se passou por funcionário da agência bancária e se se aproximou da vítima do golpe, um idoso, de 83 anos. Com um papel do banco orientou o idoso a cadastrar a biometria. Durante a operação ele trocou o cartão do cliente, que só percebe que estava com o cartão de outra pessoa mais tarde.
Além do pagamento de R$ 10 mil em imposto, o integrante da quadrilha ainda usou o cartão para fazer duas compras no valor de R$ 1 mil e R$ 999,00. Segundo o registro policial, a vítima do último golpe do integrante da quadrilha teve um prejuízo de R$ 13,998,00.
Investigação - A partir de uma série de boletins de ocorrência em que os idosos descreviam o mesmo tipo de situação a delegada Priscila Anuda, responsável pelo caso, iniciou a investigação que resultou na prisão de José.
Conforme a delegada os criminosos se passavam por funcionários dos bancos para poder trocar os cartões e as senhas dos clientes. Eles só descobriam os golpes, quando notavam o desvio dos valores de suas contas para pagamento de contas, impostos e saques.

Mais detalhes sobre o caso serão divulgados em coletiva de imprensa na próxima segunda-feira (12) na DGPC (Delegacia Geral da Polícia Civil) para apresentação do preso e mais informações sobre os fatos apurados.