"União para solucionar os problemas de Dourados é necessária", afirmou Marçal Filho - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

"União para solucionar os problemas de Dourados é necessária", afirmou Marçal Filho

O deputado estadual Marçal Filho (PSDB) abordou novamente, ao utilizar a tribuna da Assembléia Legislativa na manhã desta quarta-feira(14), os problemas vividos pelo município de Dourados. "Precisamos nos unir e fazer o que nos cabe em nossas funções enquanto parlamentares, com o apoio do Governo do Estado e da União pelas mazelas do município de Dourados. A saúde vivencia uma crise maior, com atraso de repasse e pagamento aos servidores, a educação, infraetrutura e tantos outras já mencionadas. As soluções devem ser encontradas em conjunto e eu sou adepto do quanto melhor, melhor", destacou.
"Quase todos os municípios brasileiros enfrentam problemas. O País, inclusive, terá que passar pela Reforma Tributária, e não há outro caminho. Se o Poder Público fosse uma empresa, o Brasil já tinha praticamente decretado falência. As gestões municipais, estaduais ou a federal deveriam escolher uma boa equipe técnica e fazer um planejamento, para que não ficassem apenas ‘apagando incêndios’. Ações mais efetivas são necessárias para resolver antigos problemas, as parcerias público privadas [PPP] podem ser utilizadas para possibilitar soluções imediatas para a cidade de Dourados, que tanto defendo, pois lá nasci e morei", ressaltou o deputado estadual Marçal Filho.
O deputado estadual Barbosinha (DEM) afirmou que tem o mesmo sentimento do deputado Marçal Filho. "O que o atormenta me angustia. Acompanho as dificuldades vividas no País, e as Dourados, onde temos problemas na saúde pública, educação, infraestrutura, entre outros. Proponho a criação de uma Frente Parlamentar composta pelos deputados da região para que acompanharmos e levarmos soluções à administração municipal do município", revelou o parlamentar.
O deputado Neno Razuk (PTB) destacou que a administração municipal não pode sozinha solucionar os problemas do município. "Sobre o atendimento de saúde realizado em Dourados, 65% é proveniente de outros municípios. O Hospital Regional deveria estar funcionando, mas só ficou na promessa. Os problemas da gestão de saúde vem desde a administração passada. Cadê o amor por Dourados? Só o repasse não é suficiente, precisamos de mais. Os governos federail e estadual não estão cumprindo os compromissos com Dourados. Vocês têm o meu apoio para buscar soluções para Dourados", relatou.