PP tira Bernal do comando e seduz deputados federais com presidência - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

PP tira Bernal do comando e seduz deputados federais com presidência

Deputados estaduais Evander Vendramini e Gerson Claro participaram de reunião com a direção nacional do PP (Partido Progressista), na última terça-feira (3), em Brasília (DF). No encontro, que contou com a presença do presidente da legenda, senador Ciro Nogueira, ficou ratificada a saída do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, do comando estadual do partido.
O mandato de Bernal à frente do PP local terminou no dia 11 de agosto. Desde então, a legenda segue sem presidente. Vendramini e Claro apontaram que o novo comandante deve ser definido até a próxima semana.

Conforme os parlamentares, o plano A consiste em seduzir os deputados federais Luiz Ovando (PSL) e Rose Modesto (PSDB) a se juntar ao quadro do PP estadual. Quem aceitar a mudança ainda leva a presidência estadual da legenda como “bônus”. Em caso de negativa dos representantes sul-mato-grossenses na Câmara Federal, Evander Vendramini assume o posto.
Com o convite, o PP é mais um na disputa por Rose Modesto. A deputada federal admitiu, em entrevistas recentes, que foi convidada por série de partidos. Um deles é o MDB, que sonha com o nome da hoje tucana para disputar a prefeitura de Campo Grande em 2020.
Além da presidência da legenda, o encontro do PP serviu para confirmar o desejo do partido em ter candidato próprio à administração da Capital no ano que vem. Em 2016, Alcides Bernal tentou a reeleição pelo partido, mas terminou o primeiro turno na terceira colocação, com 26,01% dos votos.