Prefeito pede a Reinaldo instalação de anel viário para ligar a BR-060 e MS-316 - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Prefeito pede a Reinaldo instalação de anel viário para ligar a BR-060 e MS-316



Na primeira edição do Governo Presente, projeto de levar o gabinete do Executivo Estadual para atender os municípios do interior, o prefeito de Paraíso das Águas, localizado a 282 km de Campo Grande, Ivan da Cruz Pereira, solicitou a instalação de um anel viário.
A intenção é ligar as rodovias BR-060 e MS-316, entre Paraíso das Águas e Costa Rica, e retirar de dentro do município o tráfego pesado de veículos. O projeto será discutido em conjunto entre governo e prefeitura.

“Eventos como esse, que levam o governo para atendimento de forma regional, são importantes, facilitam as tratativas das demandas”, disse o prefeito, que também esteve acompanhado do presidente da Câmara, vereador Roberto Carlos da Silva, e dos secretários de Educação e de Saúde, Jeferson Corrêa e Juliana Ferrari, respectivamente.
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) diz que a intenção é descentralizar a gestão. “Uma das características do nosso governo é o municipalismo. Começamos o ‘Governo Presente’ por Três Lagoas e vamos ouvir as 79 cidades”, disse.
Paraíso das Águas é o município mais novo do Estado, fundado em 1º de janeiro de 2013 e recebeu mais de R$ 52 milhões do Poder Executivo nos últimos quatro anos. Entre as obras entregues pela atual gestão estão a pavimentação de 24 km da MS-320, entre a MS-316 e MS-377. O governo também entregou a ponte de concreto sobre o Córrego Cascavel.
Já foi entregue o projeto para construção de uma praça e projeto para ampliação e reforma do ginásio esportivo Sidney Alves Siqueira, além da reforma de ponte de madeira sobre o Córrego Cervo e a construção do prédio da Delegacia de Polícia Civil.
A parceria entre prefeitura e governo, além da União, também resultou em casa própria para 100 famílias com a construção do Residencial Jardim Severiano, onde foram investidos R$ 6,1 milhões.