Empréstimo trava e prefeitura muda caminho para financiar asfalto e parque - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Empréstimo trava e prefeitura muda caminho para financiar asfalto e parque

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) encaminhou projeto de lei à Câmara para contratar empréstimo no valor de R$ 45 milhões com a CEF (Caixa Econômica Federal), a fim de financiar obras de infraestrutura e saneamento em Campo Grande.
O total inclui R$ 30 milhões para drenagem e pavimentação dos complexos Rita Vieira e Vilas Boas/Parque Dallas, serviços antes previstos em operação de crédito com outro banco, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). A contratação já havia sido permitida por lei, publicada em outubro.
Em mensagem aos vereadores, Trad explica que a mudança de instituição financeira se deve a “atuais restrições existentes na captação de recursos das fontes governamentais utilizadas pelo banco”. A prefeitura ainda informa que os investimentos previstos na operação de crédito com a CEF, na linha Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), estão aprovados.
Parque - Além das obras nos complexos já citados, o novo aporte prevê drenagem e pavimentação na Rua Nicomédes Vieira de Rezende, no Vilas Boas; e de parte dos residenciais Oliveira I e III, na região oeste.
A construção de parque multiuso no extinto aterro do Jaridm Noroeste, zona leste da Capital, também está compreendida no financiamento. O local foi fechado em dezembro de 2016.
No ano passado, o município contratou a construtora JLC para elaboração de plano de recuperação da área degradada por depósito irregular de lixo da construção civil no aterro. O projeto custou R$ 110,3 mil.
A reportagem tentou contato com prefeitura, via assessoria, que não respondeu até a publicação do texto.
O titular da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), Rudi Fiorese, também foi procurado, mas não atendeu ou retornou as ligações.
Ruas do bairro Rita Vieira serão asfaltadas com contratação de empréstimo (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)