Capital 08/01/2020 09:55 Preso por assédio em ônibus, homem diz que apenas ''esbarrou'' na vítima - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Capital 08/01/2020 09:55 Preso por assédio em ônibus, homem diz que apenas ''esbarrou'' na vítima

Servente de pedreiro de 37 anos, suspeito de assediar uma jovem de 19 anos dentro de um ônibus do transporte coletivo na tarde de ontem (7), negou o crime e disse que apenas ''esbarrou'' no pé da vítima. O caso ocorreu na linha 081, que faz o trajeto do terminal Bandeirantes ao Nova Bahia.
À polícia, o servente contou que entrou no ônibus em um ponto nas proximidades da Avenida Afonso Pena e sentou em um banco no fundo ao veículo. Pouco tempo depois, a jovem sentou-se ao seu lado.
Segundo o suspeito, ele dormiu e, quando acordou, levantou para pegar a carteira que estava presa na cintura pelo elástico do short. O servente afirmou que acabou esbarrando no pé da vítima, pediu desculpas e que em momento algum assediou a jovem.
A versão, porém, foi negada pela vítima e pela mãe. À polícia, a jovem contou que entrou no ônibus na Avenida Afonso Pena por volta das 11h50, sentido ao terminal Nova Bahia. Quando o veículo chegou na Avenida Ceará, a vítima sentou em um banco ao lado do suspeito.
Conforme a jovem, o servente tentou prender a perna dela com a dele. Ela conseguiu se desvencilhar e, em seguida, percebeu que o homem começou a se masturbar. Ela levantou e contou para a mãe, que estava sentada no banco da frente, o que havia acontecido.
A mãe da vítima acionou a Polícia Militar e contou ao motorista sobre o caso. Quando chegou ao terminal General Osório, ele manteve as portas do ônibus fechadas até a chegada dos militares.
O suspeito foi preso e encaminhado à Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher). Ele já foi preso por furto, roubo e cumpria pena no regime aberto.