Sejusp irá convocar militares da reserva para guarda armada em Uneis - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Sejusp irá convocar militares da reserva para guarda armada em Uneis

Convocação de 12 militares da reserva para atuação como guarda armada, instalação de cercas e câmeras elétricas e concertinas. O aparato de segurança passará a ser regular nas Uneis (Unidade Educacional de Internação) em Campo Grande, como resposta após os motins e fuga em massa.
“Vamos manter guardar armada, sim, vamos colocar concertina e cerca elétrica nas muralhas; não podemos tratar como se estivessem ali apenas anjos, o que temos ali são criminosos”, justificou o Secretário Estadual de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira.
Videira falou sobre o reforço no esquema de segurança esta manhã, durante a solenidade de entrega de 43 viaturas e três micro-ônibus para a PM (Polícia Militar). “Não tem só adolescente, têm infratores maiores de idade, autores de latrocínio, homicidas”, disse Videira.
O secretário disse que a preocupação não é somente pelos recentes acontecimentos dentro das Uneis, mas, também, da ação dos que tentam entrar na unidade.
Ontem, o motim na Unei Dom Bosco foi desencadeado depois que uma das visitas foi barrada por não preencher os requisitos exigidos para acesso. Cerca de 30 adolescentes quebraram cadeados das celas e passaram para os corredores.
Antes da efetivação, os militares da reserva vão passar por exame de saúde. As empresas para instalação das cerca elétricas e concertinas já foram definidas. O secretário diz que “estão robustecendo” a estrutura de segurança, com câmeras de segurança e melhorias no serviço de limpeza.
O secretário descartou ampliar o quadro de agente de segurança socioeducativa, justificando que o número hoje é suficiente para atender a demanda, sendo superior ao de internos das Uneis, contariando o que diz os profissionais da área, que reclamam de forma recorrente das condições de trabalho e do défici de agentes para vistoria.
Mudança – No dia 16 dezembro, adolescentes internados na Unei Dom Bosco serraram cadeados, renderam agente e protagonizaram fuga em massa. Dos 95 que estavam na unidade, 26 conseguiram fugir. Destes, 12 são maiores de idade e os outros têm idade entre 15 e 17 anos. Neste dia, apenas cinco agentes trabalhavam no plantão.