Sul-mato-grossense é nomeado secretário-executivo adjunto do Ministério da Saúde - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Sul-mato-grossense é nomeado secretário-executivo adjunto do Ministério da Saúde

O ex-coordenador geral de Assistência Farmacêutica do Governo do Estado, Carlos Alberto Andrade e Jurgielewicz, foi nomeado nesta terça-feira (21) secretário-executivo adjunto do Ministério da SaúdeA nomeação, assinada pelo secretário executivo da Casa Civil, José Vicente Santini, foi publicada no DOU (Diário Oficial da União). Jurgielewicz está em Brasília e segundo ele, a posse está prevista para esta semana.
21/01/2020 12:46

Sul-mato-grossense é nomeado secretário-executivo adjunto do Ministério da Saúde

Carlos Alberto Andrade e Jurgielewicz foi coordenador geral de Assistência Farmacêutica do Governo do Estado

Fernanda Palheta
  • Imprimir
  •  
  •  
Ministro Henrique Mandetta e Carlos Alberto (Foto: Divulgação)Ministro Henrique Mandetta e Carlos Alberto (Foto: Divulgação)
O ex-coordenador geral de Assistência Farmacêutica do Governo do Estado, Carlos Alberto Andrade e Jurgielewicz, foi nomeado nesta terça-feira (21) secretário-executivo adjunto do Ministério da SaúdeA nomeação, assinada pelo secretário executivo da Casa Civil, José Vicente Santini, foi publicada no DOU (Diário Oficial da União). Jurgielewicz está em Brasília e segundo ele, a posse está prevista para esta semana.
"Venho para auxiliar o ministro [Luiz Henrique Mandetta] nessa condução que ele está fazendo do Ministério da Saúde com excelência", disse. "Representar o Brasil e Mato Grosso do Sul é muito gratificante", completou.
Segundo ele, neste primeiro momento vai se inteirar e conhecer a pasta e a secretaria em que foi lotado. "A Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde é a responsável por fazer todos os setores andarem", explicou.
Carlos Alberto esteve a frente da Coordenação geral Assistência Farmacêutica do Governo do Estado por quase um ano, de 31 de janeiro de 2019 até 20 de janeiro de 2020.
"Nós conseguimos mudar o prédio da Casa da Saúde que ficava na Avenida Afonso Pena e não comportava a demanda. O local tinha apenas 20 cadeira". No ano passado, a Casa da Saúde foi transferida para o prédio da a Escola Estadual Riachuelo, na Rua 11 de Outubro. "Hoje, a falta de remédios na rede estadual é de 10", detalhou.
Jurgielewicz também foi diretor administrativo da Sesau (Secretária Municipal de Saúde Pública) durante a gestão do ex-prefeito e atual senador Nelsinho Trad (PSD), entre 2005 e 2012.
Formado em administração, o novo secretário-executivo adjunto do Ministério da Saúde tem 57 anos e nasceu em Campo Grande.