Senador Nelsinho Trad mobiliza vinda de embaixadores para discutir sobre Rota Bioceânica em MS - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Senador Nelsinho Trad mobiliza vinda de embaixadores para discutir sobre Rota Bioceânica em MS

Os embaixadores da Associação de Nações do Sudeste (Filipinas, Indonésia, Malásia, China, Tailândia, Singapura e Vietnã) aceitaram o convite do presidente das Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), senador Nelsinho Trad (PSD/MS), e vieram à Campo Grande discutir sobre a Rota Bioceânica e conhecer as potências de Mato Grosso do Sul. 
O grupo, acompanhado de três embaixadores brasileiros, se reuniu nesta sexta-feira com o governador Reinaldo Azambuja, visitou a Prefeitura de Campo Grande e debateu o tema na Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) com a participação de representantes da Famasul e da Assembleia Legislativa. "Foi muito importante para o nosso Estado essa conquista, nós somos fortes no agronegócio e eles se interessaram em ver, podem investir e apoiar a Rota Bioceânica porque vai baratear!as importações e exportações de produtos da Ásia para América do Sul", comentou o senador Nelsinho Trad.
Para o governador Reinaldo Azambuja, O primeiro encontro já manifestou a relevância do corredor bioceânico. "A participação de três embaixadores do Brasil com apoio do Ministério das Relações Exteriores e a presença do presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, nosso senador Nelsinho Trad, que articulou esse encontro, demonstra o interesse de todos", destacou o governador.
O embaixador da Malásia, Lim Juay Lin, defendeu a Rota Bioceânica. "Se puder encurtar a distância, poderemos ultrapassar as barreiras", disse. 
Segundo os embaixadores, a Associação de Nações do Sudeste existe há 52 anos e busca a integração entre os países. "Esse dia foi de muito aprendizado", comentou o embaixador chinês Miyo Tint.

Justificativas
Em seu discurso, o senador Nelsinho Trad falou sobre as vantagens da Rota Bioceânica.
"Rota Terrestre Bioceânica e as demais rotas de integração em desenvolvimento na América do Sul representam a redução do frete em cerca de 40%, e a diminuição do tempo de trânsito em 12 dias. Criação de oportunidades em todo o cone Sul das Américas", ressaltou o senador.