FEMINICÍDIO| Mulher é assassinada com tiro na testa; ex marido é o principal suspeito - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 27 de março de 2020

FEMINICÍDIO| Mulher é assassinada com tiro na testa; ex marido é o principal suspeito

Aos 26 anos, Euzébia Clara Leite Pereira, conhecida como Clara Biac, foi morta com tiro na testa, por volta das 17h desta quinta-feira (26), na casa onde vivia, na Rua Gabriel Alves, em Água Clara, cidade a 192 quilômetros de Campo Grande. O ex-marido da vítima, Marcos Fernando Martins, 40 anos, é o principal suspeito pelo crime e está foragido.

Conforme a Polícia Militar, a irmã da vítima que mora ao lado da casa de Euzébia contou que escutou o casal discutindo, na sequência um estampido e depois veio silêncio. Preocupada, a testemunha foi até a residência e encontrou Clara morta no quarto com um tiro na testa.

As forças de segurança foram acionadas para fazer os levantamentos de praxe. Após o crime, o suspeito fugiu e ainda não foi localizado. O corpo da vítima foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Três Lagoas para exame necroscópico. Antes de matar a vítima, o suspeito teria a espancado, segundo testemunhas. A pistola utilizada no crime não foi encontrada.

Segundo a Sesup (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), de janeiro até agora, nova mulheres foram mortas vítimas de feminicídio no Estado. 

O acusado

O ex-marido da vítima, Marcos Fernando Martins, 40 anos, conhecido por "Gugu", é o principal suspeito pelo crime e está foragido.

Filho de um tradicional empresário da cidade e antes de praticar o feminicídio, teria espancado à vítima.

A ocorrência ainda está em andamento e ainda não se sabe os motivos do crime que chocou a pequena cidade com pouco mais de 13 mil habitantes.