Profissionais da Saúde terão linhas de ônibus especiais a partir deste domingo - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sábado, 21 de março de 2020

Profissionais da Saúde terão linhas de ônibus especiais a partir deste domingo

Após reunião na manhã deste sábado (21), entre o prefeito Marquinhos Trad (PSD) com diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Janine de Lima Bruno, representantes de hospitais e empresas que prestam serviços para estes locais, foram definidas linhas especiais de ônibus para transportar profissionais da saúde que dependem do transporte coletivo. A Agetran vai colher lista de funcionários e seus endereços com hospitais e empresas para esquematizar os itinerários. As planilhas devem ser entregues até o fim da tarde de hoje. Os ônibus começam a rodar a partir deste domingo (22).

A agência vai definir locais estratégicos pelos bairros da cidade para recolher os passageiros. Os pontos não necessariamente serão os mesmos do sistema de transporte coletivo. Os carros vão circular em três turnos. O primeiro horário começa às 5h e termina às 8h. Os ônibus voltam para as ruas às 11h e param novamente às 15h. A última jornada terá início às 17h, com retorno para as garagens às 21h.

Ontem (20), a prefeitura decretou suspensão do transporte público, a fim de incentivar a população a ficar em casa e evitar aglomerações para frear a dissipação em massa do novo coronavírus. A medida é válida a partir de hoje e segue por 15 dias.

Pacientes renais crônicos poderão usar as linhas especiais, mas as autoridades não recomendam. O vereador Eduardo Romero (Rede) participou da reunião representando a Câmara Municipal e adiantou que a Casa tenta providenciar transporte para este público.

Alojamento - Marquinhos Trad disse que já pensa em separar parte das unidades de saúde para servir de alojamento para funcionários que optarem por não voltar para casa. A decisão, segundo ele, vai depende do agravamento da situação.

“As pessoas podem questionar: Marquinhos, você está louco. Não estou louco. Estou antevendo uma situação que pode chegar na nossa cidade”, resumiu.

Casos - Segundo última atualização da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Mato Grosso do Sul tem 12 casos confirmados de novo coronavírus - todos eles em Campo Grande. A pasta monitora outras 52 ocorrências suspeitas. O número de notificações é de 209.