Governador visita drive-thru dos bombeiros e hospital de campanha montado no HR - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Governador visita drive-thru dos bombeiros e hospital de campanha montado no HR

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) fez visita nesta manhã ao HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), na estrutura onde foi montado hospital de campanha. Esteve, ainda, no quartel do Corpo de Bombeiros na rua 26 de Agosto, onde está em operação um sistema de drive thru para detecção do novo coronavírus.

Acompanhado de secretários, governador (à esquerda na foto), visitou estrutura montada no HRMS. (Fotos: Chico Ribeiro))

Acompanhado dos secretários Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), Antônio Carlos Videira (Justiça e Segurança Pública) e Geraldo Rezende (Saúde), Reinaldo ficou uma hora e meia entre um local e outro, conversou com os responsáveis pelo atendimento e andou pelos espaços.

A partir de exame feito no drive thru, foi detectado um dos seis novos casos de contágio pelo vírus identificados de ontem para hoje em Campo Grande.

 Para evitar aglomerações, como por exemplo das equipes de imprensa, a visita foi feita sem aviso.   O secretário Eduardo Riedel, que participou, explicou como foi a ida de Reinaldo aos locais durante a tramissão ao vivo para atualizar os dados da covid-19 em Mato Grosso do Sul.

“Encontramos uma equipe extremamente dedicada, comprometida, motivada, uma estrutura que vem sendo realizada há algum tempo e que está praticamente pronta para atender eventual aumento de demanda aos pacientes infectados pelo coronavírus”, afirmou sobre o HRMS.

Ao falar da estrutura, Riedel afirmou que há dificuldades de aquisição de itens, mas que “vem sendo sanado de maneira muito determinada”.

“Passamos também no drive-thru do Corpo de Bombeiros, iniciativa bastante exitosa, que traz facilidade para cidadão fazer o exame”, relatou o secretário.

As iniciativas que receberam a visita do governador fazem parte do esforço do Poder Público para lidar com a pandemia de novo coronavírus. O último boletim informa que o Estado tem, depois de um mês do primeiro caso registrado, 4 mortes pela doença e 121 confirmações.