Profissionais que atenderam paciente morta com coronavírus também têm a doença - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Profissionais que atenderam paciente morta com coronavírus também têm a doença

Dois profissionais de saúde do hospital particular de Nova Andradina que recebeu Eleuzi da Silva Nascimento, de 64 anos, testaram positivo para o novo coronavírus. A paciente, moradora da Batayporã, morreu hoje, no Hospital da Cassems em Dourados.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, os trabalhadores estão bem em isolamento domiciliar, em Nova Andradina, onde moram.

Conforme investigou a SES (Secretaria de Estado de Saúde), Eleuzi contraiu a doença após contato com duas irmãs que estiveram na Bélgica, país europeu. Uma delas também tem o vírus.A paciente de 64 anos, ainda conforme o secretário, tinha uma “pneumopatia grave” – enfisema pulmonar –, o que dificultou o tratamento e rapidamente agravou o quadro. Ela procurou hospital em Nova Andradina no dia 16 de março e ficou internada até o dia 23. No dia 25, voltou à unidade, muito pior. “Como no hospital inexistia equipamentos para ventilação mecânica, ela foi transferida para Dourados e, apesar dos cuidados, evoluiu para óbito em poucas horas”.

Consta em nota da SES, que a internação na unidade hospitalar de Dourados foi no dia 26 deste mês. 
apurou que Eleuzi teve morte cerebral (não foi divulgado o dia), todos os protocolos foram cumpridos e às 12h30 desta terça-feira (31), foi declarado o óbito.

Batayporã, onde Eleuzi vivia, tem outros dois pacientes com a Covid-19. Em Mato Grosso do Sul, até ontem (30), quando a SES divulgou o último boletim, eram 44 casos confirmados e nenhum óbito.

Novas informações serão divulgadas às 16h, mas o secretário Geraldo Resende já adiantou que o boletim mostrará “um acréscimo de casos de ontem para hoje”.