AMPLA VISÃO| Lúdio & diárias & tragédias & Mandetta - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 19 de maio de 2020

AMPLA VISÃO| Lúdio & diárias & tragédias & Mandetta

MANDETTA: O ex-ministro da saúde administrando bem as palavras, sem mágoas e apoiando-se na ciência. Sua fala à TV. CNN Internacional repercute. Embora integre o ‘Democratas’ já avisou; apoiará o prefeito Marcos Trad (PSD) na capital. Manteria a visibilidade e garantindo lugar no tabuleiro político. Como se diz; política se faz por etapas, tudo ao seu tempo, mas ele passou a ser mais uma opção ao Governo em 2022. 
‘COMBU$TÍVEIS’: Apesar da incerteza sobre a data do pleito os políticos vão se articulando . Também no interior a disputa pela vereança é turbinada pelos altos salários e as gordas verbas indenizatórias. A propósito: para a entrega de simples ofício numa secretária de Governo vieram 8 vereadores interioranos. Justificaram assim legalmente a viagem oficial e cada um ganhou mais de R$500,00 de diária. E esse país, tem jeito? 

ESSAS MULHERES...’: Sem elas hoje nada funcionaria. É notório; em casa cuidam das crianças, dos seus deveres escolares e também exercem a profissão à distância em muitos casos. Do lado de fora, elas estão na linha de frente nos hospitais, supermercados e clínicas de repouso, atividades de risco na atual conjuntura. Essa é uma boa chance para que elas sejam vistas com outros olhos e melhor remuneradas pelo trabalho. Sem dúvida; se metamorfosearam em heroínas e merecem o reconhecimento da sociedade. 

REFLEXÃO “... (-) No nível pessoal, as repactuações serão imensas. Eu vejo meu armário e penso: por que comprei tudo isso? De que, eu de fato preciso? Não era eu que esta consumindo aquelas coisas, mas aquelas coisas que estavam me consumindo. É preciso uma nova discussão social. Pacto entre países, pessoas e gerações. Estamos diante de transformações profundas viralizadas por um vírus mortal...(-)...Estamos preparados para o futuro?” (Nizan Guanaes – publicitário ) 

1-DA ASSEMBLEIA: Deputado Antônio Vaz (Republicanos): Pede mais ônibus e linhas no transporte público na capital; aprovado seu projeto criando a Semana Estadual da Saúde. Deputado Evander Vendramini (PP): aprovado seu projeto incluindo o Dia (15 de novembro) da Assembleia de Deus no calendário oficial de eventos. Deputado Gerson Claro (PP): Líder do Governo faz a ponte com Assomasul e prefeitos sobre a liberação da ajuda federal aos Estados e municípios; participa das sessões ‘on line’. Deputado Neno Razuk (PTB): Presidente da Comissão de Assuntos Indígenas vem acompanhando de perto as ações de prevenção a covid-19 nas aldeias. 

GRANDE LÚDIO! Simples, observador, agradável, ouvia a todos. Dele soube novo episódio. Ao visitar uma seção da prefeitura o seu pessoal almoçava de marmitas. Ele provou da comida, não gostou e pediu para conversar com a responsável da empresa fornecedora. Ao seu estilo, convidou-a para almoçar. Depois, o prefeito pediu que ela avaliasse a qualidade da refeição e ela reconheceu que estava bem abaixo do razoável e prometeu melhorar. Enfim, o problema foi resolvido com pragmatismo e bom senso. 

AQUIDAUANA: Odilon Ribeiro teria 46,50% contra 26,25% de Viviane Orro no confronto direto para prefeito. Cerca de 27,25% não sabem/não responderam. Num quadro com mais candidatos: Odilon 41,75% - Viviane 19,50% - Youssef Saliba 10% - Joaquim Passos 8,25% - não sabem/não responderam 20,50%. O prefeito Odilon tem a seguinte avaliação: Bom 47,25% - regular 28,50% - ruim/péssimo 20% - não sabem/não responderam 4,25%. A amostra foi realizada pela Ranking Pesquisas entrevistando 400 pessoas entre os dias 07 e 10 de maio e registrada na Justiça Eleitoral sob nº MS - 03944/2020 e os resultados aqui divulgados são do sistema ‘estimulada’. 

NOVOS TEMPOS? Antes do coronavírus a tendência era por moradas de condomínios com áreas compartilhadas para o lazer (play ground e churrasqueiras) ou apartamentos menores de manutenção mais fácil. Agora com a ‘cultura do isolamento’ e a adoção do ‘home office’, a tendência será de valorizar a qualidade do tempo dentro do lar. Muitos, sufocados pela rotina limitada pelas paredes, já sonham com maior espaço, quintal, jardim e sacadas. São observações de consultores imobiliários antenados com as mudanças. 

2-DA ASSEMBLEIA: Deputado Barbosinha (DEM): pede ponte de concreto no ‘Laranja Doce’ entre Dourados e Douradina; requer asfaltamento da MS 379 (Bocajá/BR-163); entregou veículo à Secretaria de Saúde de Douradina. Deputado Capitão Contar (PSL): Lembra; a escola não pode abrigar desvios e insiste, seu projeto sobre erotização nas escolas está sendo desvirtuado. Deputado Lucas de Lima (Solidariedade): Entregou 1.000 litros de álcool 70 ao Instituto Júlio Varela e cestas básicas à Associação dos Músicos graças a ‘Lives’ que comandou. Deputado Lídio Lopes (Solidariedade): Atua na Comissão de Assuntos Agrários, preside a Comissão de Constituição Justiça e Redação; vigilante no combate ao coronavírus no Cone Sul, da qual é o representante. 

CORUMBÁ: Amostra realizada pelo ‘Ranking Pesquisas’ nos dias 7 e 9 de maio, sob registro 02455/2020 na Justiça Eleitoral, consultando 400 pessoas com margem de erro de 4,85% para mais ou para menos, aponta na ‘estimulada’: prefeito Marcelo Iunes 32,25% - ex-prefeito Paulo Duarte 30,50% - vereador dr. Gabriel 8,00% - engenheiro Elano Holanda 5,75%. Cerca de 23,50% dos consultados não sabem/ não responderam. 

TRAGÉDIAS: da Casa Branca; não se resumiram só a Lincoln e Kennedy. Willian Harrison (9º presidente) morreu de febre tifoide 31 dias após sua posse; Zachary Taylor (12º presidente), faleceu de gastroenterite no 16º mês no cargo; James Garfield (20º presidente) morto a tiros na estação ferroviária de Washington. Graham Bell, o inventor do telefone tentou sem sucesso, com um dispositivo elétrico, localizar a bala; Willian Mc Kinley (23º presidente) baleado numa exposição e o assassino foi executado na cadeira elétrica; Warren Hording (29º presidente) morreu de infarto em 1923; Roosevelt ( 32º presidente) morreu de hemorragia cerebral no 3º mês de seu 4º mandato. 

EXPLICANDO: Franklin Roosevelt, de 1933 a 1945, foi o presidente que mais tempo governou. A Constituição permitia isso, inclusive que ex- presidentes pudessem voltar a disputar o cargo. Mas esse dispositivo foi alterado em 1947 pela 22ª Emenda, limitando os mandatos em dois e proibindo que ex- presidentes concorressem de novo ao cargo. Outro detalhe pouco conhecido: até 1933 a posse presidencial ocorria em 4 de março (‘Dia da Promulgação da Constituição’) mas acabou alterado para o dia 20 de janeiro. 

3-DA ASSEMBLEIA: Deputado Marçal Filho (PSDB): Coordenador da Frente Parlamentar Familiar cria debates saudáveis e leis protetoras; quer fim das tarifas no transporte aos profissionais da saúde. Deputado José Teixeira (DEM): Pede união de esforços para a abertura e complementação asfáltica da rua Filinto Mulller ligando-a ao J. Canaã em Dourados. Deputado Londres Machado (PSD): articulou a prorrogação do abono salarial; atento a situação da saúde nos municípios da região da Grande Dourados. 

‘FEIJÃO MILAGROSO’: É só assistir ao vídeo no YouTube e ficar revoltado com o cinismo do pastor Valdemiro Santiago oferecendo sementes milagrosas de feijão – de R$100,00 a R$1.000,00 - contra o coronavídeo. A última notícia a respeito: o MPF pediu ao Ministério Público paulista apuração do fato, além de solicitar a retirada do vídeo do ar para outras medidas. Picaretagem explorando a religiosidade e boa fé. 

‘CUCARACHAS’: ‘Gran Colombia’, o país que existiu de 1821 a 1831, formado por Panamá, Equador, Venezuela e Colômbia, mas desintegrou-se. Em 1901 os ‘EUA’ ajudaram na independência da estratégica Cuba, (com direito de construir base militar) e do Panamá com direito a construir e explorar o ‘Canal’ até 1999. Contra os interesses dos europeus foi criada a ‘Doutrina Monroe’ subjugando os países do continente aos interesses da América. Exemplos: Honduras (frutas), República Dominicana (açúcar), Haiti e Nicarágua. Enfim, a doutrina defendia na verdade a nossa América para os interesses dos norte americanos. Pra eles, continuamos ‘cucarachas’. Alguma dúvida? 

CONCORDA? “(-)...Não consigo imaginar uma vida plena sem as reuniões de amigos, regadas a cumprimentos de mão e abraços...(-)...Não há tecnologia ou reinvenção que possa substituir o convívio presencial, que substitua um abraço verdadeiro, um carinho, um evento festivo ou esportivo...(-)...Por fim, não há vida plena sem a convivência presencial. O impacto deste sacrifício momentâneo é importante e significativo. Mas, no futuro, que espero que seja próximo, pretendo retomar todas estas práticas essenciais a uma vida plena, começando pelo abraço.” (Marcelo Corrêa da Silva) 

“Se o Brasil pensar em 2022 vamos todos para o buraco”. (Jair Bolsonaro)