Onde fiscalização não chega, domingo é de tereré na praça e pipa no alto - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

domingo, 3 de maio de 2020

Onde fiscalização não chega, domingo é de tereré na praça e pipa no alto -

Pelas ruas de Campo Grande, as cenas deste domingo (3) são as de um domingo ensolarado qualquer. Gente nas ruas, de bicicleta, garapa nas calçadas, pipa no alto, brincadeiras na grama. Onde a fiscalização de Guarda Municipal, Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) não chega, isolamento social e restrição às aglomerações são ignoradas.No Lago do Amor, a reportagem flagrou famílias nos bancos, tomando tereré. Na barraca de caldo de cana e açaí, pessoas se reuniam em volta das mesas de plástico. Absolutamente ninguém usava máscaras. - O EPI (Equipamento de Proteção Individual) - obrigatório no transporte coletivo a partir de amanhã (4) - é raridade em todas as regiões da cidade visitadas pela reportagem neste domingo.

No São Conrado, a Rua Panambi Verá tinha movimento de gente caminhando e andando de bicicleta. A praça na Avenida Lúdio Coelho com a Rua Lagoa Rica estava repleta de pessoas soltando pipa e tomando tereré, além de carros estacionados com música alta.

Pipa também era a diversão no Aero Rancho, pela Avenida Engenheiro Lutero Lopes, No Parque Ayrton Senna, mesmo fechado para atividades de lazer, pelo menos três brincavam de pandorga. -