Dourados ultrapassa Capital em casos e se torna epicentro da covid-19 em MS - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 2 de junho de 2020

Dourados ultrapassa Capital em casos e se torna epicentro da covid-19 em MS -

Pela primeira vez uma cidade do Interior de Mato Grosso do Sul supera Campo Grande em número de casos confirmados do novo coronavírus. De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, de ontem para hoje foram contabilizadas mais de 30 novos diagnósticos na segunda maior cidade do Estado chegando a 339. As confirmações, portanto, superam as 306 divulgadas até ontem, quando a Capital ainda tinha 312 casos.
Epicentro da doença, Dourados tem 218.069 habitantes, além de abrigar as duas maiores reservas indígenas do Estado, a Bororó e a Jaguapiru, onde vivem mais de 18 mil pessoas. Em 15 dias, os casos confirmados na cidade passaram de 28 para mais de 300. -A disseminação acelerada veio a partir de diagnóstico entre funcionários de frigorífico da JBS instalado na região e onde trabalham moradores tantos das aldeias quanto de municípios vizinhos, como Itaporã, Douradina e Rio Brilhante.

“Os dados de hoje vão apresentar esta mudança. A Capital deixa de ser a cidade com mais casos. Dourados passa a ser o epicentro da doença do Estado”, adiantou o secretário de Saúde .

Desde a chegada da pandemia ao Estado, em março, a Capital, com 885.711 habitantes, era líder em confirmações. Até esta segunda-feira, havia 312 pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

Em incidência da doença, no entanto, há um tempo Dourados já tinha ultrapassado a Capital. A cidade do Interior tinha 137,3 casos para cada 100 mil habitantes e estava entre as 10 com maior incidência de covid-19, enquanto Campo Grande registrava apenas 34,8 casos para cada 100 mil habitantes.

Campo Grande, no entanto, ainda lidera em número de óbitos. Das 20 mortes registradas no Estado, sete foram de pacientes residentes na Capital. Dourados responde, até o momento, por duas mortes. -