Em campanha com cantor Mariano, procuram-se doadores de plasma contra covid-19 - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Em campanha com cantor Mariano, procuram-se doadores de plasma contra covid-19 -

O cantor Mariano, da dupla Munhoz e Mariano, foi o primeiro doador de plasma, a parte líquida do sangue que será aplicado em pacientes graves do novo coronavírus (covid-19). O estudo começou hoje, com previsão de angariar o apoio de 80 a 100 doadores. - O tratamento faz parte de pesquisa, encabeçada Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (Universidade de São Paulo), com parceria do governo do Estado. As coletas serão feitas no Hemosul, em Campo Grande.

O infectologisa da Fiocruz, Julio Croda, é o responsável pelo estudo em Mato Grosso do Sul. A intenção é atrair de 80 a 100 doadores, homens que já tiveram covid-19 e estão curadas há mais de 15 dias. Croda diz que a especificação é por conta do tipo de anticorpo encontrado no sistema imunológico de pessoas do sexo masculino.

Mariano foi o primeiro doador. Diagnosticado com covid-19 em março, não apresentou sintomas da doença e se tratou em casa. Agora, é o primeiro voluntário do estudo. “Estou muito feliz em saber que posso ajudar de alguma forma”, disse hoje, na porta do Hemosul, antes de fazer a doação do plasma. -Mariano defendeu o isolamento social, dizendo que é primordial, mesmo para quem está doente e não apresenta sintomas. “Quem é assintomático pode transmitir a doença, imagine a culpa em saber que pode-se infectar alguém, as pessoas precisam cuidar da higiene e ficar em casa”.

A coleta é feita por processo denominado aférese, pelo qual o sangue é retirado da pessoa, com separação dos componentes, retendo a porção que se deseja retirar, neste caso, o plasma e devolvendo o restante ao doador. -