Prefeita resiste em endurecer medidas e cobra isolamento para conter vírus - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Prefeita resiste em endurecer medidas e cobra isolamento para conter vírus -

Mesmo com o avanço do novo coronavírus que colocou a cidade como campeã estadual em casos positivos e com índice de infestação de 510 para cada cem mil habitantes, a prefeita de Dourados Délia Razuk (PTB) resiste em endurecer as medidas para conter a pandemia. - Após o fim de semana com três mortes provocadas pela covid-19 e outro recorde de casos diários (104 confirmados de sábado para domingo), Délia Razuk se manifestou na manhã desta segunda-feira (15), mas apenas para pedir apoio da população para aumentar o isolamento social.


Em nota enviada pela assessoria de imprensa, a prefeita pediu mais comprometimento da população e afirmou que “mesmo com todos os esforços da administração municipal”, as taxas de isolamento social estão baixas no município.

“Nesse sentido a prefeita afirma que caso continue baixo o índice de isolamento social, a prefeitura, sob a orientação do Comitê de Gerenciamento de Crise do Covid-19, vai intensificar as medidas de controle com a intenção de reduzir o nível de contágio”, afirma a assessoria, sem detalhar quais seriam essas medidas.

Délia Razuk pediu às famílias com idosos em casa que os orientem a saírem de casa apenas em casos de extrema necessidade, devido ao grande número de pessoas nesta faixa etária circulando, principalmente no transporte coletivo.

“Estamos trabalhando diuturnamente para garantir a segurança da população por causa da pandemia, porém é necessária a participação da população no uso de máscaras, evitando a circulação e a aglomeração, principalmente nos bairros”, afirmou a prefeita.

Entretanto, em Dourados o uso de máscara ainda não é obrigatório nas ruas e espaços públicos. Délia Razuk ainda não sancionou o projeto de leito aprovado há duas semanas pela Câmara de Vereadores.