Polícia usa barra de ferro para invadir mansão de traficantes na fronteira Endereço é um dos alvos das buscas feitas pela Senad em apoio à polícia brasileira - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Polícia usa barra de ferro para invadir mansão de traficantes na fronteira Endereço é um dos alvos das buscas feitas pela Senad em apoio à polícia brasileira

 Doze mandados de busca e de apreensão e quatro de prisão estão sendo cumpridos nesta sexta-feira (11) por agentes da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) em Asunción, capital do Paraguai, e em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande.


O trabalho da Senad ocorre em apoio à Operação Status, desencadeada pela Polícia Federal brasileira em Mato Grosso do Sul e outros quatro Estados com o objetivo de combater a lavagem de dinheiro do tráfico de drogas.


Em Pedro Juan Caballero, os agentes da Senad usaram uma barra de ferro para derrubar a porta de uma mansão que pertence aos suspeitos de narcotráfico.  De acordo com policiais paraguaios, a organização criminosa alvo da operação de hoje é comandada pelo clã García Morínigo, que conta com esquema de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.


No Departamento (equivalente à Estado) de Amambay, cuja capital é Pedro Juan Caballero, as buscas estão sendo feitas em fazendas, mansões, casas de câmbio e lojas.

Agentes da Senad em frente à mansão em Pedro Juan Caballero (Foto: Divulgação)

Só no Paraguai, segundo a Polícia Federal brasileira, estão sendo sequestrados dez imóveis avaliados em R$ 150 milhões. O esquema tinha como ponto principal a lavagem de dinheiro do tráfico de cocaína, por meio de empresas de “laranjas” e empresas de fachada, entre elas construtoras, administradoras de imóveis e lojas de veículos de luxo.