Cratera aberta na José Antônio começou pequena e assustou comerciantes - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Cratera aberta na José Antônio começou pequena e assustou comerciantes

 Buraco chegou a causar acidente e reparo ficou para hoje se não chover  Um antes e depois que impressiona. O buraco que no começo da semana estava pequeno e chegou a ser sinalizado com galho de árvore por comerciantes e moradores da região tomou proporção perigosa na tarde de ontem. Nesta manhã,  não havia nenhum serviço para fechar a cratera, embora estivesse previsto pela Sisep (Secretaria Municipal De Infraestrutura E Serviços Públicos) o trabalho de técnicos para hoje.  O buraco fica na pista esquerda na Rua José Antônio, entre a Avenida Fernando Corrêa da Costa e a Rua Rodolfo José Pinho. Dona de um pet shop nesta mesma quadra, Thaiane Iwata, de 29 anos, relata que quando o buraco começou, a vizinhança chegou a ligar para a Prefeitura que orientou telefonar para a Águas Guariroba. "O buraco estava cedendo, vieram arrumar ontem, mas por conta da chuva, não deram continuidade", conta.


O fluxo de clientes que é intenso no pet shop às sextas pode ser prejudicado, já que além do trânsito estar lento na região, os donos de animais precisam estacionar longe do pet shop e descer com o animal no colo. "E muitas vezes são cachorros grandes ou que estão doentes, então pode ser que atrapalhe um pouco o movimento", se preocupa Thaiane.  O receio dela também é em relação aos motoristas, porque a cratera já provocou um acidente ontem. Na noite de ontem (15), um veículo ficou a menos de um metro do buraco depois de colidir em uma manilha que estava na frente da cratera. Com a força do impacto, a estrutura de concreto caiu. A condutora não ficou ferida.


"Falta organização das pessoas do trânsito. Deveriam ter organizado mais, também nem olham a previsão do tempo antes de começar o trabalho. O tamanho desse buraco não ficou por causa da chuva, deixaram desse jeito porque começou a chover, eles estavam mexendo", completa Thaiane.


Aposentado, Pedro Conde Alves, de 69 anos, é sogro do proprietário de um restaurante naquela quadra e acredita que faltou agilidade no conserto. "Isso atrapalha o trânsito, eles tinham que ser ágeis, a chuva atrapalhou porque choveu a tarde toda hoje, mas eu creio que uma hora dessas, o povo já devia estar aqui trabalhando", fala seu Pedro apontando para o relógio que já passava das 8h da manhã.  Moradora da rua, Eleuses Guerriso, de 59 anos, viu o acidente de ontem e teme que a cena se repita. "Uma mulher quase caiu dentro do buraco mesmo com a sinalização, aqui é uma rua movimentada, que graças a Deus é de mão única, mas é perigoso demais, ainda mais para motoqueiros", afirma.


A Sisep (Secretaria Municipal De Infraestrutura E Serviços Públicos) informou ontem que o buraco se abriu na quarta-feira (14) após o rompimento de um cano da drenagem pluvial. Ontem técnicos da secretaria estiveram no local iniciando os reparos, mas a chuva atrasou o cronograma. A previsão é de que a cratera seja fechada nesta sexta-feira (16), caso não volte a chover.