Polícia não descarta que acidente com 8 mortes em MS tenha sido intencional - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 6 de outubro de 2020

Polícia não descarta que acidente com 8 mortes em MS tenha sido intencional

 A Polícia Civil investiga se o acidente de trânsito que matou oito pessoas na noite de sábado (02) em Nova Alvorada do Sul, a 128 quilômetros de Campo Grande, foi premeditado. As vítimas estavam em um automóvel Belina que bateu de frente com um caminhão na BR-267. O motorista do carro, Claudiano José da Silva, teria supostamente provocado a colisão para se vingar de uma traição da esposa Paola Izaura dos Santos, de 18 anos.


Ele teria descoberto o caso de infidelidade e arquitetado o assassinato da família, conforme divulgado pelo jornal Alvorada Informa. O plano, inclusive, teria sido relatado a conhecidos. No local do acidente, familiares de Paola disseram à polícia que a colisão não havia ocorrido por acaso. O delegado responsável pelo inquérito, Rômulo Teixeira Marcelo afirmou que não descarta a possibilidade de que o acidente tenha sido intencional.

“Tomei conhecimento destes fatos e [a causa] não é algo que podemos afirmar agora, mas será apurado no corpo do inquérito. Foram ouvidas algumas testemunhas no local e ao longo da semana vamos ouvir mais pessoas, para melhor esclarecimento”, explicou. Além disso, o delegado aguarda resultado do laudo pericial e disse que, por enquanto, o motorista do caminhão não responde por homicídio culposo – quando não há intenção – por não haver indícios.

“Não há indícios de que ele tenha sido o causador do acidente”, pontuou. Rômulo explicou ainda que, neste sentido, a colisão ocorreu na pista contrária do carro, ou seja, na via em que estava o caminhão. Também não foram localizadas marcas de frenagem por parte da Belina. Isso indica que não houve tentativa de desviar do impacto. “Foi uma colisão frontal. As vítimas estavam sem cinto, foram arremessadas e morreram ali mesmo”, completou.

Morreram no acidente Paola Izaura dos Santos Silva, Valéria Lucia Correia, Anderson Moraes dos Santos, Carlos Eduardo Correa, Claudiano José da Silva, motorista da Belina, Davi Camargo da Silva, quatro anos e Lorena Camargo da Silva, de dois anos, além de um homem identificado apenas por Ademir. Eles voltavam de um córrego onde passaram o dia. O caso é investigado neste momento como morte a esclarecer.

Por: Renan Nucci