Temporal deixa Centro e 35 bairros sem energia; prefeitura decreta emergência Equipes dos bombeiros, Defesa Civil e Exército trabalham na limpeza e retirada de árvores - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Temporal deixa Centro e 35 bairros sem energia; prefeitura decreta emergência Equipes dos bombeiros, Defesa Civil e Exército trabalham na limpeza e retirada de árvores

 Pelo menos 35 bairros e o Centro ficaram sem energia elétrica durante o temporal que atingiu Dourados nesta segunda-feira (26). A concessionária Energisa informou que teve de triplicar as equipes para atender todos os chamados.


Quarenta homens da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e do Exército estão nas ruas para auxiliar na limpeza e retirada das árvores que caíram sobre residências, lojas, escolas e carros.


Sem prestador de serviço de limpeza pública desde setembro por causa de uma briga judicial que parou no TCE (Tribunal de Contas do Estado) por suspeita de irregularidades, a prefeitura deve decretar situação de emergência no município.


Com a medida, espera acelerar a recuperação dos estragos do temporal, principalmente devido à queda de árvores durante o vento que chegou a 46 quilômetros por hora, segundo a Embrapa Agropecuária Oeste.


O comandante do Corpo de Bombeiros em Dourados, tenente-coronel Humberto José Sepa de Matos Filho, disse que a corporação recebeu chamados sobre queda de árvore em vários pontos da cidade.


Árvores caíram sobre veículos na BR-376 entre Dourados e Fátima do Sul, na BR-463 próximo à matinha na saída para Ponta Porã, na Avenida Joaquim Teixeira Alves entre Toshinobu Katayama e Rua Mato Grosso e na Avenida Weimar Gonçalves Torres, no Centro.


Também teve queda de árvore na Rua Onofre pereira de Matos próximo Transbordo, na Avenida Presidente Vargas frente ao Fórum, sobre residência na Rua Das Garças, sobres residência na Rua Hilda Bergo Duarte, na Vila Planalto, na Avenida Marcelino Pires e na Avenida Olinda Pires de Almeida entre Rua 31 de Março e Rua Izidro Pedroso.


Árvores caíram também na Rua Frei Antônio na Vila Erondina, sobre veículo na Avenida Presidente Vargas e sobre a pista na Rua Antonio de Carvalho, no BNH 3° Plano.


Energia – A concessionária Energisa informou que o temporal desta segunda veio acompanhado por fortes rajadas de vento e raios, provocando interrupções no fornecimento de energia.


Entre os bairros atingidos estão Jardim Água Boa, Parques dos Jequitibás, Centro, Jardim Guaicurus, Parque Alvorada, Vila Amaral, BNH Plano II, Vila Cachoeirinha, BNH IV Plano, Izidro Pedroso, Cohab II, Jardim Brasília, Jardim Clímax, Jardim Maipu, Jardim Ouro Verde, Jardim Santo André, Parque do Lago, Parque Nova Dourados e Jardim Flórida.


Também houve interrupção no fornecimento de energia na região do Parque das Nações, no Residencial Pelicano, na Vila Nova Esperança, Vila Rui Barbosa, Vila Planalto e Vila Vieira.


Para diminuir o tempo de espera, a concessionária acionou o plano de contingência e aumentou em três vezes a quantidade de equipes em campo. “A Energisa alerta a população para não se aproximar de cabos ou postes com fiação elétrica caídos ao chão, pois podem representar riscos à segurança”, informou a empresa.