Traficante preso nas Moreninhas levaria 43 kg de munições de fuzil para o RJ No mesmo dia, os policiais ainda prenderam em flagrante dois traficantes com mais de meia tonelada de maconha - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Traficante preso nas Moreninhas levaria 43 kg de munições de fuzil para o RJ No mesmo dia, os policiais ainda prenderam em flagrante dois traficantes com mais de meia tonelada de maconha

 O Garras  (Delegacia de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) apreendeu quase 3 mil munições de fuzil calibre 762 que seriam levados para o Rio de Janeiro. Essas munições, segundo a polícia, são comumente utilizadas por narcotraficantes. O flagrante foi na manhã de ontem (30).


Após investigações, os policiais abordaram um veículo Corsa Sedan branco, no posto carretão, na BR-163, na região das Moreninhas, com dois homens e uma mulher. Durante vistoria, foram localizados uma caixa com 43 quilos de munições de fuzil.


Indagado, o homem de 25 anos que estava no banco do passageiro confessou que as munições eram dele e seriam levadas para o Rio de Janeiro. Afirmou ainda que a mulher, assim como o motorista de aplicativo que dirigia o carro, não sabiam do conteúdo da caixa.


No bolso da calça do suspeito foi encontrada porção de pasta base de cocaína. Na casa dele, ainda foram apreendidos faca, balança de precisão, duas peneiras, calculadora, saco com diversas sacolas para embalar a droga e R$ 500 em dinheiro.


Droga - No mesmo dia, ainda na saída para São Paulo, os policiais prenderam dois homens de 26 e 27 anos com 544 quilos de maconha, em posto de gasolina, na Avenida Gury Marques, na região das Moreninhas.


A droga estava distribuída em várias caixas de papelão embaladas com plásticos filme na carroceria de uma S-10 com placa adulterada, acompanhada por um VW Golf, cujo ocupante agia como “batedor”, como são chamados traficantes que escoltam carregamentos de droga.  Garras prende criminoso com munição para AK-47 na BR-163 em Campo Grande

Armamento foi encontrado nesta tarde com homem preso perto de posto de combustível na saída para Cuiabá Ação do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) prendeu um homem com farta quantidade de munição para fuzil AK-47 nesta tarde, na BR-163, na saída para Cuiabá (MT), em Campo Grande.


A polícia ainda está fazendo a contagem das munições de armamento de uso restrito, que ocupam uma mesa na unidade policial. O calibre é 762, usado em fuzis originalmente criados para combate em guerra.


A origem mais provável é o Paraguai, fornecedor desse tipo de armamento para grupos criminosos no Brasil. O destino do material ilegal ainda não informado.


O que foi levantado pela reportagem é que investigações do Garras levaram à prisão, ocorrida nas proximidades do posto Carretão, na rodovia BR-163.


Camionete - No mesmo lugar, foram presos outros dois homens, com uma carga de maconha. A droga estava em uma S-10 com placa adulterada, acompanhada por outro veículo, um Golf, cujo ocupante agia como “batedor”, como são chamados traficantes que escoltam carregamentos de droga.


A quantidade apreendida não foi informada ainda pelo Garras.