Saindo de concessionária e de oficina, dois carros capotam em Campo Grande Foram 2 acidentes nesta manhã; a triste coincidência é de que nenhum dos motoristas envolvidos no acidente eram donos dos veículos - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sábado, 21 de novembro de 2020

Saindo de concessionária e de oficina, dois carros capotam em Campo Grande Foram 2 acidentes nesta manhã; a triste coincidência é de que nenhum dos motoristas envolvidos no acidente eram donos dos veículos

 Dois casos de capotagem foram registrados na manhã deste sábado (21) em Campo Grande, em bairros diferentes. A triste coincidência é de que nenhum dos motoristas envolvidos no acidente eram donos dos veículos. Um deles havia acabado de sair da concessionária para fazer test-drive. O outro, funcionário de uma oficina mecânica, testava o veículo no momento da colisão.


O primeiro caso aconteceu próximo a Praça do Preto Velho, no cruzamento das avenidas Noroeste e Salgado Filho, na Vila Progresso. O acidente envolveu Chevrolet Prisma e Ford Ecosport. O funcionário de 23 anos de uma oficina mecânica contou que fazia teste no Prisma, carro que pertence a uma locadora de veículos, quando foi atingido pelo Ecosport. Por causa do impacto, o Prisma capotou.  Segundo o mecânico, que não ficou ferido e saiu sozinho do carro, o sinal estava intermitente para os dois. O condutor do Ecosport também não sofreu ferimentos. Ele não quis falar com a imprensa. Segundo Marques Antônio da Silva, 70 anos, morador há 15 anos na região, os acidentes são constantes no local, mesmo com semáforo. “Ninguém respeita. Acho que deveria ter um quebra-molas. Esses dias morreu um rapaz aqui em acidente de moto”, lamentou.


O outro acidente envolveu  Chevrolet S10 e  veículo VW Gol no cruzamento das ruas Caiapós com a Engenheiro Roberto Mange, na Vila Taquarussu. O motorista da caminhonete contou para o Corpo de Bombeiros que havia acabado de sair de uma  concessionária na região e fazia test-drive, quando avançou o pare e bateu no Gol.


Antes de parar tombada, a caminhonete ainda colidiu contra um poste de energia elétrica. A estrutura ficou danificada e a Energisa foi acionada para fazer os reparos. Os moradores da região ficaram sem luz durante os trabalhos dos técnicos da concessionária. Os dois motoristas ficaram feridos e foram socorridos pelos militares para unidades de saúde.