Após causar acidente com morte, médico é suspenso do Detran Publicada no Diário Oficial do Estado de hoje, decisão suspende por 60 dias o médico Edson de Arruda Alves que atua no Detran - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Após causar acidente com morte, médico é suspenso do Detran Publicada no Diário Oficial do Estado de hoje, decisão suspende por 60 dias o médico Edson de Arruda Alves que atua no Detran

 Dois anos depois de se envolver no acidente que terminou na morte de uma mulher, o médico Edson de Arruda Alves foi suspenso por 60 dias do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), onde prestava serviços de realização de exames de aptidão física e mental.

A portaria publicada no Diário Oficial do Estado de hoje é resultado da sindicância administrativa disciplinar aberta em 2018, depois do acidente. À época o médico era um dos sócios de uma empresa que prestava serviços ao Detran há 10 anos.

O acidente - Na madrugada do dia 2 de setembro, o médico conduzia uma Mercedes Benz Sedan na BR-163, próximo à Uniderp Agrárias, em sentido a saída de Três Lagoas quando atingiu a traseira do Fiat Punto, onde estavam a vítima e o namorado, de 37 anos. Com a colisão o veículo rodou e saiu da pista, parando às margens da rodovia.

O motorista da Punto foi socorrido com ferimentos leves, mas a passageira Márcia Martins Honório morreu no local. Edson foi preso em flagrante por embriaguez. O teste do bafômetro apontava 0,71 miligramas de álcool por litro de ar.