Com 118 doentes graves de covid, HR está em situação "caótica" Hospital ampliou número de vagas para tratamento intensito mesmo sem os recursos humanos suficientes, afirma diretora - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Com 118 doentes graves de covid, HR está em situação "caótica" Hospital ampliou número de vagas para tratamento intensito mesmo sem os recursos humanos suficientes, afirma diretora

 “Está caótico”. Essa foi a definição dada pela diretora-geral do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, Rosana Leite Melo, para o quadro nos últimos dias na unidade de saúde, diante do aumento de casos de covid-19.


O hospital atingiu a quantidade de 118 internados em estado considerado grave por causa do contágio pelo novo coronavírus, que provoca síndrome capaz de matar em pouco tempo. Os doentes, segundo Rosana, estão chegam já em estágio avançando da doença, que a médica chama de “traiçoeira”.


Segundo Rosana, mesmo sem os recursos humanos adequados, o HR abriu mais 8 leitos, mas a capacidade estrutural está se esgotando. Não há rede de gás disponível, explica a diretora.


Além dos 118 pacientes de CTI, o HR mantém outros cinco na ala vermelha do pronto-socorro. Estão ali até surgir a vaga ideal da terapia intensiva.


Dados – Boletim divulgado nesta tarde pelo HRMS mostra que ao todo são 179 doentes de covid internados na unidade.


Desde que começou a pandemia de coronavírus, o hospital já registrou 530 óbitos pela doença. Na outra ponta, a da vida, já foram 1,7 mil pacientes tratados e curados.