Governo federal vai requisitar vacinas produzidas no país ou importadas - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Governo federal vai requisitar vacinas produzidas no país ou importadas

  governo federal pretende promover uma espécie de confisco de vacinas contra a Covid-19, produzidas no país ou importadas para o Brasil, segundo informou nesta sexta-feira (11) o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM).


Caiado disse que a informação foi passada pelo próprio ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, com quem esteve nesta manhã. Pazuello esteve em Goiânia para inaugurar o Hospital Maternidade Municipal Célia Câmara.

Em suas redes sociais, o governador de Goiás afirmou que o ministério pretende "requisitar" todas as vacinas contra o novo coronavírus produzidas ou importadas pelo Brasil.

"Toda e qualquer vacina registrada, produzida ou importada no país será requisitada, centralizada e distribuída aos estados pelo Ministério da Saúde. Pazuello me informou isso aqui em Goiânia, hoje. Nenhum estado vai fazer politicagem e escolher quem vai viver ou morrer de Covid", escreveu o governador.

O ministério da Saúde ainda não se pronunciou de maneira oficial. Uma assessora de Pazuello negou informalmente que o governo esteja planejando qualquer tipo de confisco.

Em seu discurso na inauguração do hospital, Pazuello disse que o plano de vacinação nacional é de responsabilidade do governo federal e que nenhum brasileiro terá vantagem, por morar em determinado estado.

"Nosso plano nacional de imunização é nacional. Nenhum estado da federação será tratado de forma diferente, nenhum brasileiro terá vantagem sobre outros brasileiros", completou.

O governador João Doria (PSDB) anunciou para 25 de janeiro o início da vacinação no estado de São Paulo. Será usada a vacina Coronavac, parceria do Instituto Butantan com a chinesa Sinovac.