João Rocha sai da disputa e abre espaço para Carlão ser presidente da Câmara Tucano desistiu de concorrer à presidência, para que haja consenso na eleição da mesa diretora - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

João Rocha sai da disputa e abre espaço para Carlão ser presidente da Câmara Tucano desistiu de concorrer à presidência, para que haja consenso na eleição da mesa diretora

 O vereador João Rocha (PSDB) retirou o nome para eleição da mesa diretora, sinalizando apoio a Carlos Borges (PSB), o “Carlão”, que assim se torna o favorito para ser eleito presidente da Câmara Municipal, a partir de 2021. O tucano justificou que não deseja disputa na Casa de Leis e sim o “consenso” e “unidade” entre os vereadores.

Os dois vinham travando uma disputa interna pelo comando da Casa, enquanto João Rocha buscava seu quarto mandato como presidente, Carlão que é o atual 1° secretário, tinha a intenção de chegar à cadeira principal. Aliados nos outros pleitos da Câmara, eles buscavam os votos entre os colegas.

João Rocha, no entanto, aproveitou a última sessão do ano, para anunciar na tribuna sua saída da eleição. “Estou saindo em favor do consenso, retirando a candidatura para que continue aqui a unidade entre os vereadores, um conceito desta Casa de Leis, que vai continuar dando exemplo e mantendo seu legado, de unidade e harmonia”. Carlão usou a palavra logo depois dizendo que o tucano sempre foi um “bom gestor” e preparado para liderar a Câmara, contribuindo muito para as atividades e que nunca o tratou como “adversário” e sim como parceiros.

“Vou precisar de você, temos algumas opiniões diferentes, mas sempre estivemos juntos”.

O vereador Otávio Trad (PSD) ponderou que foi um “ato de grandeza” de João Rocha ao desistir da disputa, para buscar um consenso. Para Carlão, já o desejou uma boa gestão como presidente e que siga seu “estilo” como parlamentar. A eleição da mesa diretora vai ocorrer no dia 1° de janeiro, após a posse dos vereadores.