Após bebedeira e afogamento, piscina de plástico foi esvaziada e jogada no lixo Nawilher Cardoso Paranhos, 26 anos, encontrado morto em piscina com 12 centímetros de água - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Após bebedeira e afogamento, piscina de plástico foi esvaziada e jogada no lixo Nawilher Cardoso Paranhos, 26 anos, encontrado morto em piscina com 12 centímetros de água

 "É muito difícil chegar e encontrar a pessoa que você gosta morta". Essas são palavras da cozinheira Marilda da Costa, 45 anos, esposa de Nawilher Cardoso Paranhos, 26 anos, morto afogado na noite de ontem (10) numa piscina de plástico, na Residencial Betaville, em Campo Grande.  Por volta das 19h45, o cachorro da família, um vira-lata, mordeu o neto de Marilda, um bebê de 11 meses. "Como estava saindo muito sangue, ficamos desesperados. Como Nawilher havia bebida, nem pedi para nos levar para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento)", disse.


Quando saiu de casa com outros familiares para levar o neto à UPA, Nawilher já não estava bebendo. "Ele ficou na piscina se refrescando", lembrou a cozinheira. Aproximadamente meia hora depois, Marilda retornou para a residência e encontrou o marido morto.


"Ele estava de bruços, com o nariz e a boca na água. Já deduzi que estava morto. É muito difícil chegar e encontrar a pessoa que você gosta sem vida", disse.


Segundo Marilda, a piscina estava com pouca água. Nesta manhã, ela foi esvaziada e jogada no lixo.


Nawilher deixa a esposa e um filho de 2 anos e 6 meses. Ele não tinha problemas de saúde e o caso foi registrado como morte a esclarecer.