Justiça manda Assembleia decidir se Jamilson Name usará tornozeleira - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Justiça manda Assembleia decidir se Jamilson Name usará tornozeleira -

 No meio do recesso, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul terá decisão complexa para tomar. Em despacho desta segunda-feira (18), o juiz Roberto Ferreira Junior, da 1ª Vara Criminal, rejeitou pedido de prisão para o deputado estadual Jamilson Name (sem partido), mas entendeu que devem ser aplicadas medidas cautelares, entre elas o monitoramento por tornozeleira eletrônica e o recolhimento domiciliar à noite, além do impedimento de deixar a cidade.


Só que, de acordo com a decisão, quem vai dar a palavra final são os colegas do parlamentar, réu em ação derivada da operação Omertà.


Jamilson é apontado na denúncia do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) como chefe de organização dedicada à exploração do jogo do bicho em Campo Grande e outros municípios.


De acordo com a investigação jornalística do Campo Grande News, foi aplicada pelo juiz avaliação semelhante a casos como o do deputado federal Aécio Neves (PSDB). Na época em que ele era Senador, o Legislativo foi consultado sobre decisões judiciais contra o político.


Há entendimento do STF (Supremo Tribunal Federal) nesse sentido, quando a decisão judicial interfere na atividade parlamentar. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS