Antes de confronto e morte, assaltantes levaram carro de motorista de aplicativo Na madrugada, logo após assalto, policiais localizaram veículo da vítima e três suspeitos; um dele morreu em tiroteio - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Antes de confronto e morte, assaltantes levaram carro de motorista de aplicativo Na madrugada, logo após assalto, policiais localizaram veículo da vítima e três suspeitos; um dele morreu em tiroteio

 Antes do confronto com o Batalhão de Choque, que terminou em morte no Bairro Mário Covas, em Campo Grande, quatro bandidos “fecharam” motorista de aplicativo, na região da Vila Albuquerque, para levar o carro. Conforme relatou a vítima à polícia, os criminosos estavam em um veículo VW Gol G4, de cor branca.

Ainda segundo o relato do trabalhador, de 32 anos, ele transitava em baixa velocidade, por volta das 23h, quando o Gol apareceu e emparelhou. Dois bandidos, o motorista e um passageiro, desceram, um deles armado, e obrigaram o motorista a parar. “Desce do carro, desce do carro”, disseram os assaltantes, narrou a vítima em boletim de ocorrência.

A motorista não reagiu e ficou sem o carro, um Ford Ka sedan prata, a carteira e o celular. Assim que conseguiu avisar a polícia, começou a “caça” aos bandidos pela cidade.

O carro do motorista de aplicativo foi encontrado numa casa localizada na Rua Paulo Ubiratan, no Bairro Paulo Coelho Machado, na região sul (saída para São Paulo) da Capital. Segundo a equipe do Batalhão de Choque que localizou o veículo, o imóvel tem aspecto de abandonado e estava com o portão aberto. A suspeita era, portanto, de que o local havia sido usado só para esconder o carro roubado.

Ainda em rondas, policiais encontraram três suspeitos a cerca de três quadras do local onde o veículo foi localizado. Um dos criminosos tentou fugir e disparou contra os policiais. Houve confronto e Theilor Tiago Sixtro Ferreira, 20 anos, foi baleado.

Segundo o Choque, o rapaz foi socorrido até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) das Moreninhas, mas ele não resistiu.   o suspeito levou dois tiros no tórax.

A polícia ainda está atrás de um quarto autor. O Gol G4, usado no roubo, também não foi localizado. O veículo da vítima foi levado para o pátio da Defurv (Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Veículos).