Mulher é rendida por 2 horas, agredida a socos e mantida em porta-malas Mulher de 31 anos foi rendida quando buscava carregador no carro, às 3h e foi abandonada na saída - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Mulher é rendida por 2 horas, agredida a socos e mantida em porta-malas Mulher de 31 anos foi rendida quando buscava carregador no carro, às 3h e foi abandonada na saída

 Mulher de 31 anos foi rendida por cerca de duas horas em assalto ocorrido na madrugada de hoje, no bairro Danúbio Azul. Na ação, ela foi ameaçada, agredida a socos e colocada na porta-malas do carro, sendo abandonada na saída para Rochedo.

Em relato à Polícia Civil, ela disse que estava em jantar na rua Acrópole. Às 3h, saiu para buscar o carregador do celular que estava dentro do carro, um Palio Adventure.

Neste momento, foi surpreendia pelos dois homens, que usavam máscaras e bonés. Um deles a chutou e disse “fica quieta, vagabunda”. Eles ordenaram que a vítima entrasse no banco de trás, onde o o outro ladrão também se sentou e fazia menção de estar armado.

Eles rodaram até chegar na região da antiga Rodoviária, no centro de Campo Grande.

Neste momento, ela foi agredida com soco na boca e obrigada a ir para o porta-malas.

A vítima relata que ouvia barulho de batidas e, por último, forte estouro. Depois disso, o carro parou e ela percebeu que foi abandonada. A mulher começou a gritar até que foi socorrida e descobriu que foi deixada na rotatória na saída para Rochedo, próximo ao Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de MS), por volta das 5h.

Os ladrões levaram os cartões dela e R$ 120 em dinheiro.

 Ela disse que homem que se sentou no banco de trás era magro e tinha estrela de Davi tatuada. O boletim não deixou claro onde ficava a tatuagem. Como o veículo foi guinchado, não foi possível fazer perícia.