Vacinação de população de 79 anos começa com fila quilométrica em drive-trhu Era pelo menos 1 Km de veículos nas primeiras horas desta terça-feira; o início da vacinação foi às 7h30 - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 2 de março de 2021

Vacinação de população de 79 anos começa com fila quilométrica em drive-trhu Era pelo menos 1 Km de veículos nas primeiras horas desta terça-feira; o início da vacinação foi às 7h30

 Vacinação de idosos de 79 anos começou com fila quilométrica de carros na entrada do Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, esta manhã. Era pelo menos 1 Km de veículos nas primeiras horas desta terça-feira. O início da vacinação foi às 7h30.


Primeiro da fila, o aposentado Sérgio Oruê, 79 anos, disse que a vacina é a esperança dele poder retomar os churrascos de fim de semana e os bailes na Colônia Paraguaia, “que eu adorava”, falou, mostrando ansiedade para receber a primeira dose.


Acompanhado da filha, o idoso chegou às 5h30 parque e lamentou o momento de pandemia, mas ressaltou que sabia que chegaria sua vez. “Fiquei esperando minha vez ansioso porque sabia que ela ia chegar”, comemorou, torcendo para que o imunizante seja acessível a todas as idades.  Também aos 79 anos, Neuza da Rosa Brandão chegou às 6 horas acompanhada da filha. Feliz e emocionada, a pensionista ressaltou que já viu uma família inteira contaminada pela covid-19 e perdeu conhecidos queridos pela doença. “Temos que ter responsabilidade com a vida das pessoas e continuar nos cuidando. Vamos ficar imunes para ter cura e esperança de dias melhores”.  Já vítima do novo coronavírus, mas com sintomas leves, Jany Ferreira Barbosa, 79 anos disse que a vacina representa saúde. “Peguei covid, tive sintomas leve e me curei. Pra mim, a vacina é esperança de dias melhores e normais”, comentou.  Além do público de 79 anos que começou a ser imunizado hoje – e segue até amanhã no drive-trhu do Parque Ayrton Senna e em 55 unidades de saúde – pessoas a partir dos 90 anos também estão sendo imunizados, mas desta vez, com a segunda dose da vacina.  Para evitar confusão, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) orienta que os idosos de 79 anos tenham mais paciência, já que os de 90 anos ou mais terão prioridade na fila da vacina nos locais onde ela está sendo aplicada.