com chegada de doses, vacinação volta às 13h30 Por volta das 9h de hoje, o 11º lote de vacinas para MS desembarcou no Aeroporto Internacional de Campo Grande - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 1 de abril de 2021

com chegada de doses, vacinação volta às 13h30 Por volta das 9h de hoje, o 11º lote de vacinas para MS desembarcou no Aeroporto Internacional de Campo Grande

 Com a chegada de mais doses das vacinas contra a covid-19, a Prefeitura de Campo Grande anunciou a retomada da vacinação para as 13h30 desta quinta-feira, dia 1º de abril. No fim da tarde de ontem (31), depois que 4 mil idosos foram vacinados e o estoque da Capital zerou, o trabalho foi suspenso. Por volta das 9h de hoje, o 11º lote de vacinas para Mato Grosso do Sul desembarcou no Aeroporto Internacional de Campo Grande, contendo 109,5 mil doses, sendo 1,1 mil da Coronavac e 8,5 mil da Astrazeneca. Com essa remessa, chega a 576.510 doses dos imunizantes recebidas no Estado. Ainda não foi informada a quantidade de doses que ficarão na Capital.


Agora, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) corre contra o tempo para distribuir as doses pelos mais de 30 pontos de vacinação instalados na cidade e retomar a aplicação 4 horas após o desembarque do lote.


O público-alvo desta etapa continha sendo os idosos de 65 anos nascidos entre julho e dezembro e ainda os aniversariantes do primeiro semestre que perderam a oportunidade de receber a primeira dose. A faixa etária de vacinação só será ampliada com a chegada de mais vacinas, uma vez que a partir de amanhã, dia 2, os postos de vacinação receberão os trabalhadores da segurança pública – cerca de 6 mil que atuam na Capital.


A Sesau pede que as pessoas façam cadastramento prévio no site vacina.campogrande.ms.gov.br.


Balanço estadual - De acordo com o governo, em Mato Grosso do Sul, 398.132 doses contra a covid já foram aplicada, sendo que 303.855 pessoas que receberam a primeira dose – 10,82% da população adulta – e 94.277 já foram vacinadas pela segunda vez. Levantamento nacional coloca o Estado em primeiro lugar no ranking das unidades da federação com o melhor desempenho na vacinação.