FF: Fluxo confirma que Fac contraiu Covid-19 em Singapura Organização informou que o jogador já está bem e os demais membros do time não foram infectados - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 13 de maio de 2021

FF: Fluxo confirma que Fac contraiu Covid-19 em Singapura Organização informou que o jogador já está bem e os demais membros do time não foram infectados

 O jogador de Free Fire infectado pela Covid-19 em Singapura, país-sede do Mundial de Free F


ire, foi Felipe “Fac”. A organização confirmou a informação nesta quinta-feira, através das redes sociais, onde também informou que o jogador recebeu todos os cuidados médicos necessários e já está bem, assim como seus companheiros de equipe.

Em nota, o Fluxo informou que Fac não chegou a apresentar nenhum dos sintomas relacionados à doença, mas foi encaminhado a um hospital aprovado pelo Ministério da Saúde, pouco tempo antes de ser isolado em instalações também aprovadas pelo mesmo. De acordo com a organização, os outros membros da equipe não foram afetados, mas ainda assim foram colocados em isolamento preventivo. A Garena divulgou ontem, por volta das 17h, que um dos brasileiros havia testado positivo para a Covid-19 ao embarcar em Singapura, mas que já estava tudo bem. O jornalista Chandy Teixeira trouxe, em primeira mão, que o infectado era um jogador do Fluxo, e fontes ligadas ao canal ms confirmaram a informação. A LOUD, segundo representante brasileiro na FFWS 2021, comunicou à imprensa que todos os seus membros testaram negativo e seguiram todos os protocolos de saúde ao embarcarem em Singapura.

“Informamos que todos os membros do time de LOUD de Free Fire testaram negativo para Covid-19. Eles foram testados assim que chegaram em Singapura e permaneceram em quarentena desde então”.

O Mundial de Free Fire acontece nos dias 22 e 31 de maio. O evento começa no dia 22 de maio com o Play-In, onde LOUD e outras oito equipes brigam por três vagas no Main Event, onde já estão Fluxo e outros campeões das principais regiões do mundo. Vale lembrar que a competição sofreu alterações no formato devido a desclassificação de Team EliteGalaxy Racer (Índia), Riot (Paquistão) e The Guardians (Bangladesh), que não conseguiram embarcar em Singapura por conta das restrições de viagem do país.