FF: Stream do aeroporto de Guarulhos recebe "gank" de fãs de Free Fire Fluxo e LOUD embarcaram para o Mundial em Singapura e o avião foi "ovacionado" pela torcida - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 4 de maio de 2021

FF: Stream do aeroporto de Guarulhos recebe "gank" de fãs de Free Fire Fluxo e LOUD embarcaram para o Mundial em Singapura e o avião foi "ovacionado" pela torcida

 Não é segredo que a comunidade de Free Fire é uma das mais apaixonadas nos esportes eletrônicos, e isso ficou ainda mais evidente na noite do último domingo. Fluxo e LOUD embarcaram para Singapura, onde vão representar o Brasil na Free Fire World Series, o Mundial de Free Fire. Os dois times foram no mesmo voo e um dos fãs encontrou uma transmissão oficial do Aeroporto de Guarulhos, que mostrava o momento de decolagem do avião.

Poucos minutos depois, milhares de torcedores de Fluxo e LOUD invadiram a transmissão e tomaram o chat, mandando corações com as cores dos times e mensagens de apoio aos jogadores. O movimento foi rapidamente notado pelos responsáveis pela stream, que fizeram questão de evidenciar que o voo estava levando os jogadores de Fluxo e LOUD para o Mundial de Frifas. Na descrição do vídeo, foi escrita a seguinte mensagem: “Decolagem do A350-1041 da Qatar Airways, voo QTR774, levando a equipe LOUD e equipe FLUXO para o mundial de Free Fire em Singapura, boa sorte aos nossos queridos jogadores, que tragam a taça para o Brasil. Aeroporto Internacional de Guarulhos dia 03/05/2021”.  

O momento de decolagem foi eternizado na voz de Camilota, apresentadora dos campeonatos oficiais de Free Fire no Brasil. Os torcedores não perderam tempo e logo fizeram uma edição que traz Camilota “autorizando” a decolagem, bem como é característico durante os campeonatos. O Mundial de Free Fire começa no dia 22 de maio, com a LOUD representando o Brasil na etapa classificatória para as finais. O caminho para o vice-campeão se juntar ao Fluxo, que ergueu o troféu da LBFF 4 e garantiu vaga direta nas finais, está ainda mais fácil após a desclassificação de quatro equipes devido às restrições de viagem impostas em Singapura pela pandemia do COVID-19. Galaxy Racer e Team Elite, da Índia, perderam a chance de disputar o torneio, bem como Team Riot (Bangladesh) e Team TG (Paquistão).  Equipe da LOUD pronta para embarcar para o Mundial


Com as mudanças, o Play-In será disputado por nove equipes, e garantirá três na final, marcada para acontecer no dia 29 de maio.