Ubisoft deve investir mais em jogos free-to-play Mas não abandonará modelo de jogos AAA pagos - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Ubisoft deve investir mais em jogos free-to-play Mas não abandonará modelo de jogos AAA pagos

 A Ubisoft anunciou que no futuro deve investir mais em jogos free-to-play, mas não irá abandonar o formato de lançamentos pagos e de alto orçamento, sendo o novo modelo apenas para expandir as fontes de receita da empresa.

Após o anúncio da The Division: Heartland, spin-off free to play no universo do looter-shooter em terceira pessoa da Ubisoft, empresa anunciou que mudará a estratégia de lançar entre 3 e 4 jogos AAA por ano, focando na entrega e desenvolvimento continuo de jogos free-to-play de alta qualidade. Em resposta à postagem de Geoff Keighley no Twitter, Sean Lama, Analista Estratégico da Ubisoft, complementou que a ideia não é "abandonar o formato atual", mas tornar os jogos F2P uma parcela maior da fonte de receita da empresa, diversificando mais o catálogo de lançamentos por ano, mas não dependendo exclusivamente de títulos grandes para gerar receita num dado ano fiscal.

Lama citou ainda como exemplo o modelo adotado pela Activision Blizzard após o lançamento de Call of Duty: Warzone como um stand-alone free-to-play de alta qualidade com monetização interna. Uma das principais publishers que devem boa parte de sua receita às monetizações internas de deus jogos é a EA, com 74% da receita do último ano fiscal proveniente de microtransações em jogos como o battle royale Apex Legends, além de serviços vendidos dentro de FIFA 21 e The Sims 4