SIDROLÂNDIA| Filho de ex-prefeito substitui candidato a vice que morreu de covid - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 9 de junho de 2021

SIDROLÂNDIA| Filho de ex-prefeito substitui candidato a vice que morreu de covid

 Horas após anunciada a morte do candidato a vice-prefeito na disputa suplementar à prefeitura de Sidrolândia - cidade localizada a 71 km de Campo Grande - já foi indicado um substituto para seu posto: Moacyr de Almeida terá em seu lugar o produtor rural Lúcio Basso, filho do ex-prefeito e também fazendeiro Ari Basso.


Lúcio ocupará a vaga deixada por Moacyr na chapa que tem como candidato a prefeito outro ex-prefeito, Enelvo Fellini. Em 2020, ele disputou as eleições regulares e perdeu a disputa para Daltro Fiuza (MDB), que concorreu sob força de liminar.

Contudo, Fiuza foi impugnado e teve seu registro cassado, não podendo tomar posse. Em seu lugar, então, ficou temporariamente a presidente da Câmara Municipal, Vanda Camilo (PP). Após a Justiça Eleitoral lançar a eleição suplementar, Vanda lançou candidatura e Fiuza indicou a mulher, Rosi, como vice.

A covid-19 marcou essas eleições suplementares em Sidrolândia. Em março, quando as campanhas estavam entrando em reta final, dois candidatos a vice e um candidato a prefeito precisaram ser internados ao serem infectados pelo novo coronavírus.

Enelvo, um dos afetados, foi para São Paulo (SP) e se internou no Hospital Albert Einstein, onde fez todo tratamento e logo recebeu alta. Já Moacyr inicialmente ficou no Hospital Unimed, em Campo Grande, sendo levado posteriormente para o Einstein, onde ficou até não resistir às consequências da doença.

Também foi contaminada Rosi Fiuza, que fez seu tratamento no Hospital Cassems da Capital e foi liberada assim que sua situação melhorou. A única envolvida diretamente na disputa que não teve covid nessa campanha foi Vanda.

Por causa da situação crítica da doença naquele mês, as eleições foram adiadas pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e posteriormente remarcadas para o dia 13 de junho. Apesar da covid ter apresentado números ascendentes novamente, a campanha foi mantida.

Atualmente, Sidrolândia está na bandeira vermelha do Prosseguir, situação considerada crítica e que exige ações rígidas para conter a propagação do vírus. Mesmo assim, o município não foi alto de decretos com alto grau de restrição no feriado prolongado, o mesmo período de reta final da campanha eleitoral. 

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Nyelder Rodrigues